sábado, 1 de agosto de 2009

Semana Mundial da Amamentacao - Relato da Priscila




Amamentação: uma declaração de amor



Um de meus maiores anseios enquanto estava grávida da Beatriz, além da vontade de conhecer seu rostinho era o de poder finalmente amamentá-la. Sempre assisti às mulheres darem de mamar para seus bebês e o desejo de fazer o mesmo com meus filhos vibrava dentro de mim. Acho que tudo começou com a minha própria mãe, que amamentou minha irmã caçula por dois anos.



Quando Beatriz nasceu demorei cerca de quatro horas para poder amamentá-la. A emoção que senti quando a colocaram em meu seio pela primeira vez foi tamanha, como se tivesse alcançado uma outra dimensão. Quase não acreditava que àquele bebê lindo, fruto do meu ventre, sugava meu peito que pela primeira vez produzia leite, e em abundância, exclusivamente para ela.



A única coisa que eu não esperava é que os meus seios fossem sentir o impacto daquela boquinha tão pequenina, linda e faminta! As fissuras surgiram nos mamilos e com elas a dor, e como doía! Mas nada me impediu de amamentar minha Beatriz. As feridas logo cicatrizaram e pude sentir a amamentação em plenitude.



Poder alimentar a Beatriz, fortificar nosso amor através do ato sublime e poderoso da amamentação foi maravilhoso. Tive muita alegria em amamentar, não apenas pela troca de afeto entre ela e eu, mas por saber que eu oferecia para minha filha o melhor alimento que uma mãe pode oferecer ao filho em seus primeiros meses de vida. É a melhor declaração de amor que um bebê pode receber.


Os 365 dias em que amamentei Beatriz foram de puro contentamento. Trago comigo guardada as saudades daquele momento só nosso. Único. O momento em que nosso coração mudava de casa e batia à porta do céu.



Priscila de Oliveira Sant’Anna



http://versosdemae.blogspot.com


http://versosdepri.blogspot.com


























Pri muito obrigada por ter enviado seu relato, com certeza ajudara muitas mulheres nessa caminhada chamada maternidade alem de colaborar para dismistificar o ato de amamentar.

3 comentários:

  1. Querida Gra,
    Uma honra para mim ter um texto publicado aqui em teu cantinho e adorei poder colaborar de alguma forma.
    Beijinhos,
    Pri

    ResponderExcluir
  2. Gra, muito legal o relato da Priscila no seu blog! Amamentar é, sem duvida, um ato de amor sublime, é um momento que curto muito, e aproveito cada instante com a Bea literalmente grudada em mim! Ela eh ainda tao pequenininha, mas ja sabe onde buscar conforto, carinho e alimento! Um beijao e otimo domingao (chuviscando por aki) pra vc!

    ResponderExcluir
  3. Eu conheço a Priscila pessoalmente (trabalhamos juntos em Porto Alegre) Parabéns para você, Beatriz e esposo. Fico feliz que tudo na tua vida está dando certo. Deus te abençõe. Juliano

    ResponderExcluir
Related Posts with Thumbnails