quarta-feira, 31 de dezembro de 2008

Para o Ano Novo!

Se for para esquentar, que seja no sol;
Se for para enganar, que seja o estomago;
Se for para chorar, que seja de alegria;
Se for para mentir, que seja a idade;
Se for para roubar, que se roube um beijo;
Se for para perder, que se perca o medo;
Se for para cair, que seja na gandaia;
Se existir guerra, que seja de travesseiros;
Se existir fome, que seja de amor;
Se for pra ser feliz, que seja o tempo todo.
Feliz 2009 para todos nos!!!
Gra

sábado, 27 de dezembro de 2008

Do they know it's Christmas?


Indicacao do meu marido, muito bom e ja faz 25 anos!!! O melhor e' rever algumas caras conhecidas hoje em dia ainda. Mesmo ja sendo dia 27, Feliz Natal, e que Jesus renasca todos os dias em nossos coracoes, nos inundando de amor para que, assim, todos possam saber e aproveitar o verdadeiro significado do Natal. Letra da musica aqui.

terça-feira, 23 de dezembro de 2008

O vencedor (a)!

O Desabafo de Mae e o Mulheres na Rede organizaram o concurso cultural "Voce brinca com seu filho?", envolveu algumas maes na conversa e convidou todos a participar.
Infelizmente nao e' sempre que as pessoas estao dispostas a participar, a pensar ou rever alguns conceitos ou atitudes, porem mesmo assim a conversa foi otima.
Durante o mes que aconteceu as conversas sobre o brincar, falamos sobre qualidade e quantidade, desafios, brinquedos, lugares, brincadeiras virtuais...
Quem mais sai ganhando com essa conversa foram as criancas, nossos filhos, os pequenos, que brincam para valer. E aqui no blog, todos que participaram estavam concorrendo ao livro: "Caminhando pela floresta". Foram sete comentarios concorrendo: Gislene, Katia, Victoria, Priscila Sant'Ana, Barbara, Ana Paula e Natalie Teves; obrigada pela participacao e colaboracao de todas, e muito obrigada tambem as maes participantes do concurso, que nao estavam concorrendo ao premio mas nao deixaram de contribuir.
A vencedora foi a Ana Paula, que disse: "...os momentos que passo com ele sao eternos... e mesmo quando nao participo ativamente das brincadeiras, sempre estou perto, para torcer por ele e mostrar o quanto ele me faz feliz". Espero que voce e seu filho curtam o livro (Ana Paula aguardo seu contato, preciso de um e mail para podermos combinar sobre a entrega do premio).
Ano que vem tem mais, nao perca. E aproveite com seu (ua) filho (a), brinquem muito, pois isso os deixa feliz.
xxx
Gra

sábado, 20 de dezembro de 2008

Comparar para que?

Tem poucas coisas nessa vida que me da "nus nervu" literalmente falando. Coisas como falsidade, maldade, violencia (de qualquer modo, mas principalmente em criancas e idosos e' pior ainda) e acho que so'.
Mas se tem algo que me deixa, totalmente, com cara de paisagem e' a comparacao. Ja tinha ouvido falar que e' assim mesmo, depois que voce vira mae, nao tem como, em algum momento vai ter alguem que vai soltar uma daquelas que doi no utero, e pior de tudo que doi mesmo, pelo menos para mim.
Por isso que eu perguntei, comparar para que? Com que fim, tem maes que parece que tem prazer em comparar o filho delas com os dos outros. Frases do tipo: "Nosso como ele e' grande ne?", ou "Como ela e' gordinha!", ou ainda "Ele cresceu? Porque parece que ele cresceu um pouco, mas meu filho nosssssssa cresceu muito e tralalalalala", ah tem aquela assim "Quantos dentes ele tem? Ah meu filho com essa idade tinha XXXX dentes".
Claro que muitas nem percebem, nao se ligam mesmo, falam as vezes ate sem pensar, na inocencia; mas tem umas quantas que falam de proposito, parece que gostam de tocar na ferida alheia ou que simplismente, gostam mesmo de infernizar.
Comparacao nao serve para nada, mesmo porque sabemos que cada crianca e' unica, nao existe uma crianca que seja igual a outra ate quem e' gemeos, ate os gemeos identicos nao sao iguais, podem ser parecidos fisicamente ou de personalidade, mas iguais nao.
Pronto passou, so queria desabafar. Assim que der eu volto.
xxx

quarta-feira, 17 de dezembro de 2008

Blogagem Coletiva:"Consumo Consciente"

Natal chegando e mesmo e apesar da crise, parece que "ninguem ta nem ai com a banda passando" (como eu digo sempre, brincando! quando parece que alguem ou algumas pessoas nao se importam com o que esta acontecendo ao redor, naquele momento). Alias tem gente que ainda pergunta: "-Crise, que crise, nao sei de nada nao!"

Ai a Sam que e' uma mulher super-hiper-ultra antenada com varias coisas importantes, e envolvida em trabalhos serios, esta organizando essa semana uma blogagem coletiva com o tema "Consumo Consciente". Quando li no blog dela pensei, mas sera que nao vou falar o mesmo que todo mundo ou "chover no molhado" (como diz minha avo!), e pelo pouco que li, a conversa ta boa e rendendo varias dicas, entao gostaria de deixar minha participacao registrada por aqui tambem, na blogosfera. Ja que na vida real, estamos tentando e ja um bom tempo, consumir menos, consumir com mais consciencia e o que for so e realmente necessario.
Parece bobeira, mas faz 4 anos que temos a mesma arvore de Natal, linda, pequena, vermelha e de acrilico; nao tem enfeites e para nos sempre foi otima e continua sendo. Talvez ano que vem, compremos outra para colocar uns enfeites (pois o Nicolas ja estara maior e talvez se interesse mais), ou podemos ter algumas ideias, como fazer enfeites de papel e usar a mesma arvore. Nao sei, mas a ideia de ter uma arvore/ pinheiro me da um aperto no coracao, todos os anos, centenas sao cortadas e depois o que viram? Uma vez vi uma reportagem aqui, dizendo os locais de entregar as arvores "velhas" e que elas virariam algo como um "adubo" e seria reaproveitado. E' uma ideia, mas fiquei pensando quanto tempo leva para outra arvore ser replantada no lugar dessa, que foi usada por 1 mes ou 2 no maximo e depois e' descartada; e isso considerando que quem corta pensa em plantar uma no lugar.
Outra coisa que sempre me deixou agoniada demais, e' a questao dos presentes???!!!?? Teve uma epoca em casa, que ja nao dava mais, virou uma coisa tao sem graca, era um tal de minha mae da presente para todo mundo, depois vinha minha tia, depois minha avo... ai comecamos trabalhar e cada um tinha que comprar presente para todos os demais. PARA. Pelo amor de Deus, que e' isso? Claro que todo mundo percebeu que nao dava mais, ai entramos num acordo de fazer 1 amigo secreto, ufa deu certo. Claro tambem, que no primeiro ano, meus pais queriam dar presente "pelo menos para os filhos ne?" Nao, sem acordo, sem excessao. Cada um ganha um so presente e basta. E deu certo, apesar de que teve gente se cocando de raiva, mas deu certo.
Quando vim para ca, descobri outras formas de presentear, que nao eram tao admiradas na minha familia, ganhei presentes de comer, vouchers (cartoes presentes), dinheiro (dentro de um cartao de Natal lindo, cartao esse que depois vai para reciclar tambem!) e cartoes presentes - esse sao os melhores e sao deles que eu quero falar.
Ganhei um cartao com um ima, tipo esses de geladeira, de lembrancinha de aniversario, e nele estava escrito: "Your gift is school dinners for 100 children". O cartao presente, foi presente para 100 refeicoes para criancas de comunidades mais desfavorecidas. Fiquei tao feliz, mas tao feliz, que nao sabia nem como agradecer.
Sei que essa Instituicao de Caridade organiza varias acoes, faz coisas maravilhosas para o proximo e ai para minha alegria aumentar mais ainda, fui dar uma olhada na internet nos outros presentes que eles disponibilizam, quando para minha surpresa (apesar de achar a menininha do ima com carinha de brasileira), as refeicoes sao para uma creche em Pernambuco, no Brasil.
Ganhei um presente que presenteou pessoas do meu pais, quer presente de Natal melhor? Para mim impossivel.
Talvez ja tenha passado da hora de pensarmos um pouco mais nos outros, inclusive em que mundo queremos deixar para nossos filhos... Continuo na luta por consumir mais conscientemente todos os dias.
xxx
Gra

domingo, 14 de dezembro de 2008

"Sobre Alexandre o Grande"

Os 3 últimos desejos de Alexandre o Grande

Quando à beira da morte, Alexandre convocou os seus generais e relatou seus três últimos desejos:


1º) Que seu caixão fosse transportado pelas mãos dos médicos da época;


2º) Que fosse espalhado no caminho até seu túmulo os seus tesouros conquistados (prata, ouro, pedras preciosas...);


3º) Que suas duas mãos fossem deixadas balançando no ar, fora do caixão, à vista de todos.


Um dos seus generais, admirado com esses desejos insólitos, perguntou a Alexandre quais as razões. Alexandre explicou:


1º) Quero que os mais iminentes médicos carreguem meu caixão para mostrar que eles NÃO têm poder de cura perante a morte;


2º) Quero que o chão seja coberto pelos meus tesouros para que as pessoas possam ver que os bens materiais aqui conquistados, aqui permanecem;


3º) Quero que minhas mãos balancem ao vento para que as pessoas possam ver que de mãos vazias viemos e de mãos vazias partimos.


* Pense nisso... Não deixe de correr atrás de seus sonhos, mas não esqueça de viver intensamente e de usufruir de seus sentimentos e emoções, pois as coisas materias são importantes para nós porém elas ficam, já as emoções e sentimentos nascem e morrem com a gente. * Seja FELIZ !


Recebi essa mensagem atraves de um e mail da minha amiga querida de infancia Katia, acredito que vale a pena ler e rele-la muitas vezes, para lembrarmos que dessa vida nao levamos nada. Se alguem souber o autor, me manda que eu adiciono.


xxx


Boa semana para todos.



sexta-feira, 12 de dezembro de 2008

Voce nao pode perder!

Realmente voce nao pode perder essa conversa, que comecou dia 11/11 e terminou ontem 11/12, ops... terminou o periodo para concorrer aos premios mas a conversa continua e sempre. Principalmente quando trata de um assunto tao serio quanto o brincar. Muito foi dito, escrito, pensado e repensado; comentado e complementado... que gostoso.

Nos posts voce pode conferir, mas a Ceila, do Desabafo de Mae, que organizou esse concurso cultural, fez algumas reportagens maravilhosas, que nos mostram o quanto o brincar tem a ver com o ato de amar. As palavras dela falam por si, entao corre la e da uma lida, e se quiser pode comentar aqui tambem, eu vou adorar.
Semana que vem sai o resultado do vencer dos premios, se voce comentou aqui, peco um unico favor, se nao deixou seu e mail, deixe por favor, para que eu possa entrar em contato com voce, caso seja o (a) vencedor(a).

Te mais.

xxx

Gra






quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

Quando ainda e' dia... mas ja e' noite!


Quando eu comento com meus amigos, que aqui, no outono (sim ainda estamos no outono) as 15h (isso mesmo 3h da tarde!) ja e' noite, ninguem acredita muito. Parece exagero meu, como se eu fosse uma pessoa de aumentar as coisas.

Semana passada fui ao supermercado, entrei ainda era dia e quando sai ja era noite. Nao resisti e tirei essa foto, era 16h50. A lua estava tao linda, mas tao linda; ela nos acompanhou durante todo o trajeto ate chegarmos em casa.

O Nicolas adorou olhar esse espetaculo da natureza, e eu tambem.

terça-feira, 2 de dezembro de 2008

Brincar e aproveitar!





(meu filho brincando e muito!!!)
Recebi um comentario interessante aqui, que parece ser de um pai que dizia que brincar com a filha nunca foi um desafio. Acredito que na verdade isso deveria ser para todos nos, o brincar deveria ser um momento de prazer, hora de parar e aproveitar com o(a) pequeno(a). Tambem concordo, em genero, numero e grau. Porem, acho eu (no meu achismo) que as maes, muitas vezes nao conseguem se desligar de tudo mais que ha para elas fazerem, alem de brincar.
Sim, sabemos que as maes sao super maes, me perdoem o trocadilho, mas somos praticamente Bombril, 1000 e 1 utilidades, quem nao for que atire a primeira pedra.
Os pais tambem tem mais que uma coisa para fazer, muitas maes "so" ficam em casa, "so" cuidam do filho. Como se isso fosse pouco, quem ta comigo que se manifeste ou eu sou a unica louca, que termino o dia acabada... rsrs e' verdade, quando trabalhava fora, trabalhava mesmo que agora.
Eu, literalmente, tiro o chapeu para quem trabalha fora, cuida da casa, do marido, dos filhos, da comida, de todo o resto e ainda continua linda, sorridente e feliz.
O Concurso Cultural esta chegando ao fim, mas a conversa continua e sempre teremos algo mais para conversarmos, para discutirmos, para pensarmos. Especialmente em questoes relacionadas aos nossos filhos.
Aprendi muito com essa roda de conversa, cada opiniao uma contribuicao para refletirmos. Percebi o quanto preciso estar mais atenta as necessidades do meu filho, o quanto preciso dar mais atencao a qualidade do que proporciono para ele brincar e o quanto preciso me doar mais.
Que gostosa essa conversa, tao gostosa quanto brincadeira de crianca.
Mais uma vez muito obrigada e se voce ainda nao comentou, da tempo. Ate dia 11/12 os comentarios estarao valendo para concorrer aos premios. Ainda nao correu nos outros blogs para ver como andam as conversas por la, vai que da tempo:Ana Claudia, Ana Laura, Desabafo de Mae, Lu Ivanike, Simone, Renata
E eu fico por aqui esperando sua ajuda, sobre quais sao os desafio para voce brincar com seu filho? Nao ha desafios, otimo, deixe-nos dicas, sugestoes, ideias de como podemos aproveitar mais o brincar.
Conto com voce.
Ah e parabens para todos os pais, que conseguem tempo, disponibilidade, imagincao e aproveitam com seus filhos, mesmo depois de uma dura jornada de trabalho. Pra voces eu tambem tiro o chapeu!
xxx
Gra











Alguns pensamentos sem sentido...

Vicio: internet vicia? Tem tratamento, cura, remedio, adesivo, qualquer coisa do tipo? Nao, entao me interna.
Insonia: por que nao consigo dormir direito, mesmo com o friozinho (friozao) que ta fazendo. Passei 6 semanas esperando chegar o dia 01 de dezembro, diga-se sem dormir direito, ai ele chegou. Fui ao medico, ta tudo bem, sem ter com que se preocupar e agora que poderia deitar e relaxar... nao consigo. Acordei as 5h30 da manha hoje. Ninguem merece, nem eu.
Crueldade: sim foi cruel o que fizeram comigo, esperar 6 semanas para saber se eu tinha algo ou nao. So de imaginar que poderia ter algo mais serio, quase morro na vespera. Ops nao sou peru, mas quase fui....
Natal: o comercio impera e o verdadeiro sentido do Natal se perde totalmente no meio das sacolas, compras, comidas, roupas, festas e mais festas, bebidas... afff ja to cansada de tudo isso. Nao da para sermos mais conscientes, so um pouquinho nao....
Amigos: saudades de todos, conquistando novos, aprendendo com todos. Quero um dia escrever um post so sobre amigos, como sinto falta de voces... tenho feito alguns (poucos, mas bons! pra vida toda), porem ninguem e' substituivel. Apesar de uma amiga jurar de pe junto o contrario. Desculpa mas nao concordo.
Sono, vem sono, vem sonho... marido ta trabalhando ate mais tarde hoje, filhote ja ta dormindo a mais de uma hora, e eu por aqui perambulando.... vou tentar deitar e descansar, assim que der eu volto.

domingo, 30 de novembro de 2008

Santa Catarina

Santa Catarina precisa de ajuda, sao muitas pessoas desabrigadas e que perderam tudo. As necessidades sao basicas: agua, comida e roupa. Tudo aquilo que temos todos os dias e nem sempre valorizamos. Mas agora nao e' hora de reflexoes mais profundas, sim e' hora de se solidarizar, ajudar seja como for, doacoes em dinheiro tambem sao bem vindas e a blogosfera esta ai para mais uma vez mostrar sua forca.


Esse blog esta reunindo informacoes sobre como e onde ajudar.


Se cada um colaborar um pouco todos saem ganhando.


"Ninguem e' tao pobre que nao possa doar algo e


ninguem e' tao rico que nao possa receber algo"


(autor desconhecido)


Quem souber mais informacoes, pode comentar aqui ou la no blog.


Abracos e que Deus continue olhando por cada um de nos, esteja onde estivermos.
O Rodrigo Muller fez esse banner para ajudar a divulgar os numeros das contas para quem quiser e puder ajudar.

quinta-feira, 27 de novembro de 2008

Maes unidas...


... podem transformar o mundo e ainda comer pastel em plena segunda-feira!

Desculpa pelo trocadilho do comeco, sei que o assunto e' serio, mas foi serio mesmo: em plena segunda-feira nos reunimos para comer pastel.

Sim, aquela coisa banal que se pode comprar, quase que, em qualquer esquina. Mas aqui, na ilha, nos nao temos pastel em cada esquina, e de verdade sei la onde tem pastel bom de feira, ja comi alguns que me deram uma dor de estomago, que me fizeram esquecer onde foi que eu comi.

Ai que mulher e' um bicho phena, e quando resolve, faz. La fomos nos fazer pastel. E' serio, fizemos, quer dizer, eu comi, quem fez foi a Adira, a Katia e a Rosangela ajudou tambem.

Quase que o pastel de feira vira lenda. Eu que sou uma pessoa, muita das vezes pratica, ja tinha um plano b, na manga, pensado e elaborado. Por que? A primeira massa com a minha receita, nao virou. E eu sugeri:
-"Vamos fazer sanduba quentinho, ta frio a gente se esquenta e come. Vou la buscar a sanduicheira!"

Mas as meninas sao otimistas, persistentes e insistente. Nao desistiram assim tao facil, como eu, e o pastel saiu. Como cada uma havia imaginado um tipo de pastel, eu comentei que havia pensado no "pastel grande" de feira e elas, bondozamente, fizeram um grande para cada uma.

Foi lindo, maravilhoso. O celindro nao ajudou muito e o bom rolo resolveu a solucao.

A massa foi sovada pela Adira e a Katia finalizou, esquentando a mao e mandando muita energia boa pro pastel, e funcionou viu. A Rosangela ajudou a rechear e fritou.

E eu? Estava com as criancas.... so pra nao perder o costume. Amei tudo isso.

Eles provaram, mas nao curtiram muito. Meu filho comeu massa ate nao querer mais, e ai mais uma alergia apareceu, mas isso fica pra outro dia.

So queria dizer, que a uniao faz a forca, o acucar e pastel.

E em plena segunda-feira me senti um pouco em casa, no Brasil, em Sao Caetano, na casa da minha avo, com as amigas curtindo um pastel, como se fosse domingo. Mesmo com o friozao la fora, foi maravilhoso relaxar e curtir um pouco. Valeu meninas, temos que repetir a dose.

E da-le o tudo gostoso, foi daqui que tiramos a receita que deu certo: http://tudogostoso.uol.com.br/

Mas a receita e' simples e facil: 1 kg de farinha, 1/2 xicara de cha de oleo, 1 colher de sopa de sal, 1 ovo, 1/2 dose de pinga, 1 colher de cha de vinagre e 250 ml de agua.

credito da foto: Cinthia Dalpino, do site da Ana Maria Braga (http://anamariabraga.globo.com/home.asp)



quarta-feira, 26 de novembro de 2008

Tempo? Disponibilidade? Criatividade?

Ta faltando tudo isso para voce poder brincar com seu filho?
Aqui em casa falta espaco. E ai o que fazemos?
Cruzamos os bracos e pronto? Ligo pra minha mae e choro? ou Sento com meu filho e choro junto com ele, quando ele me solicita para brincar?
De verdade eu nao sei o que e' melhor, ou pior, na pior das hipoteses; so sei que ele precisa brincar e eu como mae, preciso proporcionar isso a ele, pois e' importante para que ele cresca, aprenda e aproveite o que a vida tem de melhor.
Infelizmente nem sempre as coisas sao como gostaria, pra falar a verdade pouquissimas coisas sao como eu gostaria. Porem fico muito feliz quando as coisas acontecem, seja como for. Estou dizendo isso porque quero muito agradecer a participacao de todas as maes que passaram por aqui e deixaram seus comentarios.
A contribuicao de voces e' de fundamental importancia para essa conversa, senao ela nao tem sentido. O que pode ser bom para uma crianca pode nao ser para outra, o que da certo com uma pode dar certo com a outra; e eis aqui o espaco para conversarmos.
Confesso que no comeco achei que essa conversa nao iria acontecer, mas estou muito feliz com a participacao de todas e digo mais, estou aprendendo muito. Sendo assim meu muito obrigada!
Porem a conversa ainda nao chegou ao fim - se e' que algum dia chegara, mas o Concurso Cultural continua e voce pode participar ainda.
Nos conte: qual o desafio de brincar com seu filho. De uma passada nos outros blogs e comente tambem, dessa forma estara colaborando para que a conversa continue por outros cantos da blogosfera.

Ana Claudia
Ah! Como a Renata bem lembrou num comentario, quem vive por esses lados de ca da ilha, o clima e' algo que nos desafia todo o ano, sao quase 9, sim eu disse n-o-v-e meses de frio, inverno e tentamos brilhar esse fator com touca, blusa grossa, luvas e vamos caminhar no parque, correr atras das pombas, colher folhas, brincar no parque quando nao esta chovendo. Quando estava no Brasil, acho que nao valoriza tanto o "nosso" (desculpa tambem e' meu, nasci ai e pertenco ai, um dia eu volto), entao acho que nao valorizava tanto o "nosso" sol, o nosso amado clima, sendo so no maximo 2 meses de inverno; agora estou aprendeno a fazer o que posso, pois meu filho precisa sair de casa, senao creio que ele enlouquece e eu tambem. Entao "vamo bora pro parque", faca frio ou faca sol.
xxx

quarta-feira, 19 de novembro de 2008

Voce brinca com seu filho?

De repente era uma semana daquelas, e mais de repente ainda tinha algumas coisas a mais para fazer e para juntar e ajudar uma colica que parecia que nao ia acabar nunca mais. Mas passado tudo isso percebi o quanto muitas vezes sento e brinco mas nao brinco, entende?
E' que como ja disse aqui, nao temos muito espaco e ai algumas vezes me sinto sufocada aqui no nosso cafofo. Moramos em uma apartamento bem pequeno, e' um quarto, a cozinha e o banheiro. Sim e' verdade. Nao temos sala e muito menos o Nicolas tem o quartinho dele, mas ta tudo bem, gracas a Deus, esta tudo otimo. O quarto e' grande (poderia ser mais...) entao temos espaco para ter um sofa de 2 lugares e o berco do Nicolas (e' ele precisa de um lugar para dormir tambem!!!). Perto de como muita gente mora por aqui, nao podemos reclamar de nada, absolutamente nada.
Agora imagina o espaco que temos e' entre o sofa e a cama, algo pequeno. Nao sou a pessoa mais organizada do mundo, mas tento ser organizada. E as "coisinhas" do Nicolas sempre ficou em caixas de plastico. So que ele esta crescendo, fez o primeiro aniversario, ganhou presentes e ai? Nao tinhamos onde colocar e compramos um armario pequeno com 4 gavetas, e la estao as coisas dele, em cada gaveta um tipo de coisa: livros, bichinhos de pelucia, quebras-cabeca. Essa foi a forma como encontramos para triblar nosso desafio: falta de espaco.
Tambem vou a alguns lugares que tem por aqui, espacos que proporcionam o brincar para as criancas, conforme a faixa etaria, bem legal!!! Sem dizer os parques, mas essa conversa esta acontecendo la no blog da Luana.
Os comentarios aqui dao continuidade ao Concurso Cultural, e eles nos mostram que alem da falta de tempo, a disponibilidade, ter mais imaginacao, sao os principais desafios para as maes atuais. Essa conversa tem me levado de volta a minha infancia, minhas memorias estao me atormentando, simplismente porque nao lembro de muitos momentos de brincadeira com meus pais, que triste. Nao quero que isso aconteca com o Nicolas, por isso mesmo brincamos muito, tiramos fotos, filmamos; registro e' importante pois com certeza ajudara ele a resgatar a memoria dessa epoca tao gostosa, e por mais que ele nao lembre, podera ver o quanto curtiu a primeira infancia.
Ah! A Barbara passou por aqui e nos deixou uma dica ou um "pitaco", como ela diz, importante: musica. "A musica é tão importante quanto brincar, às vezes até mais, porque "abre" um nível de sensibilidade e compreensão na alma das crianças". Obrigada Barbara.
Lembrando o melhor comentario aqui concorre ao livro: "Caminhando pela floresta", outros premios nos blogs participantes: Lu Ivanike, Renata, Ana Laura, Simone, Ana Claudia.
Ja contei meu maior desafio ao brincar com meu pequeno, agora me conta o seu.
xxx

Gra



domingo, 16 de novembro de 2008

Eu?

Estava dando uma olhada nos posts e me dei conta de que desde o Nicolas nasceu nao escrevi mais nada sobre mim, somente sobre ele e sobre a maternidade.
Sei que e' normal, e a dedicao ao filhote acontece em tempo integral, ate de madrugas, entao como pensar em outra coisa? Mas estou por aqui, continuo viva, minha vida profissional deu uma pausada por enquanto, talvez daqui uns anos ela despausa, mas por enquanto sou so mae.
No comeco foi tudo tao natural e tao normal, chegamos do hospital e agora cuido do Nicolas e la se passaram os nove meses da licenca maternidade, e eu continuo so cuidando do Nicolas, da casa, da comida, da roupa... e' coisa pra caramba que parece que nao vai acabar mais.
Passei por um periodo de nao conseguir estar na internet, muito menos ler um livro, revista ou assistir tv. Dedicacao total ao filho.
Mas filho cresce e rapido, voando....comeca andar, ja esta quase com asas querendo voar.
Que medo.
Alias a maternidade me confronta de varias formas, varios medos, varios "seras", a vida passa a ter outro sentido, e parece que vai chegar dia 10 de janeiro mas nao chega dia 01 de dezembro (depois conto por que?).
Muitas duvidas tomam conta da minha cabeca, pergunto varias vezes para o Paulo: "Sera que estamos fazendo certo?"; "Sera que estou cuidando bem do Nicolas?".. e sera que sera que sera...???
Sao incertezas que nao acabam mais. Continuo tentando, fico mais tranquila porque ele esta bem, feliz, comendo, rindo, brincando, dormindo bem (apesar da tosse que ainda continua por aqui, mas ta bem).
Entao por fim, senao vai ficar muito grande, ninguem perguntou eu sei, mas estou bem e feliz, feliz com meu pequeno grande homem, feliz com meu grande homem, feliz comigo e com minha familia.
Culpa? Sempre tem, poderia estar trabalhando e ajudando em casa financeiramente. Porem a vida e' feita de escolhas e gracas a Deus nao podemos ter tudo, por isso escolhi cuidar do meu filho e a gente aperta daqui, dali de acola e tudo da certo.
Saudade? Muita! Familia, amigos, lugares, o BRasil, que saudade... mas um dia a gente volta.
Boa semana para todos.
xxx
Gra

sábado, 15 de novembro de 2008

Brincadeira de Crianca

(A gente nao tem muito espaco, mas a gente se diverte muitoooo!!!)

O concurso cultural: Voce brinca com seu filho? continua e os blogs participantes sao:



Acontece aqui


Lu Ivanike


Meu estilo


O futuro do presente


Onde esta a Oli?


Web demais


Desabafo de Mae


Quanto mais voce participar/ comentar, mais chance tem de ganhar!!!!


xxx


Gra




"Blogagem Coletiva: "Adocao um ato de Nobreza""

Adocao um ano de doar-se!
Adocao foi o tema de uma blogagem coletiva, promovida pela Georgia do Saia Justa e o Dacio, que aconteceu na semana de 10 a 15 de novembro e infelizmente eu nao participei. Alias nunca participei de uma blogagem coletiva, ia me convidar e escrever um post, mas nao consegui. Sei que ja passou, quero deixar registrado aqui o quanto achei humano, bonito e significativo essa blogagem.
Na verdade acho que nao consegui participar, porque o pouco tempo livre que tinha e acessava a internet, la ia eu ler os blogs participantes e deixei de escrever. De alguma forma, indiretamente, eu participei como leitora, nao ativa, porque nao comentei em nenhum lugar, mas deu para escrever agora e aproveitei.
Sempre pensei em adotar, mas antes pensava, acredito que como a maioria das pessoas, que gostaria de um bebe, para que pudesse estar conosco desde sempre, o quanto antes melhor, mas sabemos que a realidade e' diferente, as criancas maiores, diga-se de passagem as que tem mais de 4 anos, sao as que mais ficam nas instituicoes. Essa blogagem me ajudou a refletir e pensar sobre isso. Se um dia a nossa realidade permitir, adotar esta dentro dos meus sonhos e uma crianca grande sera bem vinda tambem, ainda acredito que o amor pode transformar o mundo, mesmo que esse mundo tenha 4, 5 ou 6 anos. Sei da importancia e do quanto os genes podem influenciar no desenvolvimento de uma crianca, mas sei tambem que o amor, a compreensao e o convivio tambem pode nos mostrar um outro mundo muitas vezes desconhecido.
Ao ler alguns posts, lembrei de algumas instituicoes que visitavamos quando eu fazia magisterio e depois na faculdade. Mesmo com todas as dificuldades, todos os desafios, a burocracia e tantas outras coisas que as instituicoes passam, com certeza elas tambem vivem esse processo de adocao. As pessoas que estao la, que formam as equipes multidisciplinar, que convivem com as criancas, todas elas, desde o porteiro, as pessoas da higienizacao, recreacao, da cozinha, profissionais da saude, todas, sem excessao vivem a adocao. Elas se doam as criancas durante o periodo que elas passam la e quando chega a tao sonhada hora de ir embora, essas pessoas tambem vivem essa perda, assim como a crianca. E' um constante processo de readaptar-se. Um bonito trabalho, porem muito pouco valorizado.
Por aqui o processo de adocao tambem e' estimulado e valorizado, so nao sei se a burocracia e' igual no Brasil e se existe algum "jeitinho ingles" como existe o "jeitinho brasileiro" para que a adocao aconteca de outra forma. Mais informacoes aqui.
xxx
Gra

quarta-feira, 12 de novembro de 2008

"Concurso Cultural: Voce brinca com seu filho?"



(Comente e concorra a esse livro)


E a conversa continua, a pergunta e': Voce brinca com seu filho????



Aqui no blog, estamos conversando sobre os desafios de brincar. Sabemos que nao e' facil a vida de quem tem filho ou filhos. A rotina diaria muitas vezes nos sufoca, nos angustia e nos cobra, mais e mais tempo, mais e mais tarefas. Calma, para. Por que to falando sobre isso? Porque no meio dessa loucura (desculpa a palavra, mas e' isso mesmo, a nossa vida esta cada vez mais louca, mais corrida e com mais coisa para fazer, nos cobramos cada vez mais) e no meio da minha, da sua, da nossa loucura, tem o filho la gritando, agarrando na perna, pedindo atencao.



Mais atencao? Atencao para que? Para brincar, pode ser?



Sim, pode ser?



E o que eles mais querem e' isso atencao.... Da para pa'rar o tempo, tirar o sapato, sentar no chao, esquecer as 557 coisas para fazer e se jogar de cabeca, corpo e alma na brincadeira? Tem que dar.



Qual (ais) os desafios para voce brincar com seu filho? Falta de tempo, disponibilidade, dinheiro, imaginacao... o que e' me conta?



O brincar e' tao importante na vida de uma crianca, como suas necessidades basicas, assim como ela precisa de cuidados essencias como comer, tomar banho e dormir; ela precisa de brincar. Brincando ela nao esta so brincando, passando o tempo, ela esta aprendendo, desenvolvendo as areas mais importantes para seu crescimento: a area fisica, emocional e cognitiva.



No brincar, quando bebe elas exploram para conhecer o mundo e mais la pra frente (por volta dos 4 anos), elas comecam a representar o mundo como elas entendem atraves da brincadeira. E isso significa repetir situacoes vividas ou presenciadas. Tem crianca que brinca com a mesma coisa ou da mesma forma por algum (ou muito) tempo: e' normal, tem algum motivo para isso, so precisamos ter paciencia para dar banho na boneca 10 vezes por dia ou montar o trem 100 vezes por dia.



Hoje meu maior desafio com o Nicolas e' com relacao ao espaco, que nao temos, mas improvisamos e aproveitamos muito esses momentos. Ele ainda exige muito de mim, as vezes to preparando o almoco e ele grupado na minha perna. Paro tudo e vou sentar com ele, bater tampinha, tocar no piano ou empurrar o navio do pirata, por alguns minutos e depois volto para terminar o almoco. Ele precisa de mim naquele momento e la estou eu, disposta para brincar com ele.



E' facil, nao e', mas e' possivel.



E para voce quais saos os desafios de brincar com seu filho, conte-nos no comentario ou deixe seu desabafo no site do Desabafo de Mae e concorra ao livro: "Caminhando pela floresta". Ele e' bilingue (ingles/ portugues) e as ilustracoes sao lindas. Lembre-se que se comentar aqui precisa deixar seu e mail, para podermos entrar em contato.



Um abraco



xx



Gra



terça-feira, 11 de novembro de 2008

"Concurso Cultural"

"Brincadeira de crianca como e' bom, como e' bom!"

E' hoje! E' hoje que comeca o concurso cultural do Desabafo de Mae e do Mulheres na Rede. Alguns blogs estao envolvidos, promovendo assim um espaco maior para falarmos sobre o Brincar.

Facil? Dificil? Possivel? Impossivel? Chato? Cada um tem uma visao, uma impressao do brincar e aqui estamos nos, querendo ouvir, conversar e saber mais sobre esse momento do brincar com seu filho.

Ops nao tem filho? Nao tem problema, tem sobrinho, afilhado, sobrinho, neto, tem experiencia com crianca... otimo, compartilha conosco e de quebra ainda concorra a premios, serao varios e os anunciaremos ao longa da semana.

Sete blogs estao envolvidos nessa grande "Roda de Conversa" e e' exatamente isso que queremos, conversar, hablar, speak, fale em bom e alto tom. Nao gosta de brincar, nao tem nada nao, nos conta o que te impede de brincar e tornar esse momento prazeroso. Aqui falaremos sobre isso: Descreva os desafios de brincar com seu filho.

Vai ter premios, varios, fique atenta. Mas lembre-se quem mais vai ganhar com essa brincadeira toda sao as criancas, nossos filhos, sobrinhos, afilhados, netos, alunos. Conversar sobre o brincar, talvez nos faca relembrar nossas brincadeiras de infancia, o que talvez nos faca brincar mais ou de outras formas com os nossos pequenos ou nao tao pequenos assim.

O convite ta feito, agora e' com voce, visite o blogs deixe seus comentarios; a roda de conversa comeca hoje - 11/11 e termina dia 11/12...

Conto com voces.

xx

Gra

domingo, 9 de novembro de 2008

Para pensar....

"Fala-se tanto da necessidade de deixar
um planeta melhor para os nossos filhos
e esquece-se da urgência de deixarmos
filhos melhores (educados, compassivos, responsáveis)
para o nosso planeta..."
(autor desconhecido)

quinta-feira, 30 de outubro de 2008

Mel

(foto:www.fotosearch.com)
Tem varias coisas no mundo maternal que eu nao entendo, e algumas eu acho que nunca vou entender.



A principal delas e': por que os medicos sao conseguem entrar em um acordo e todos dizerem a mesma coisa ou seguir a mesma linha.



Vou dar um exemplo "bobo". Quando estive no Brasil um pediatra me perguntou porque eu ainda nao estava dando leite de vaca para o Nicolas, se ele JA' (sim, ele disse assim, praticamente gritando)...se ele JA' estava com 7 meses.



Dez dias antes de eu voltar para ca, o Nicolas estava com um resfriado chato, como ele nunca tinha tido nada do tipo, fui atras do pediatra; que para minha surpresa estava de ferias e nao deixou nenhum contato. Quase desesperada consegui uma consulta para a sexta feira, tres dias antes de eu viajar, com um pediatra que eu gostaria de ter passado ele, mas nao consegui por causa da agenda do medico (ele e' super-utra-mega ocupado, mas e' otimo tambem, alem de ser homeopata, apesar de que o primeiro tambem era).



Nessa segunda consulta, conversamos bastante, ele examinou o Nicolas constatou que estava com infeccao de ouvido e garganta, medicou com remedios alopatas e ja me deixou um tratamento de homeopatia para comecar depois que ele melhorasse. Nessa nossa conversa ele perguntou sobre varias coisas: gravidez, parto, sono, amamentacao e alimentacao... e ele me perguntou que leite eu estava dando. Comentei que formula e que aqui eles nos orientavam para dar o peito ou a formula ate um ano (pelo menos, no caso do peito) e so depois passar para leite de vaca. E ele concordou.



E ai fica a minha duvida e se eu tivesse seguido o que o primeiro medico falou, quem estaria errando: eu ou o medico? Que dificil...



Agora a mesma coisa acontece com o mel. O Nicolas esta com uma tossinha chata, mas so a noite. Acho que e' por causa do aquecedor... e mais uma vez nao ha um consenso com relacao ao mel. Alguns dizem que pode dar depois de um ano, outros acham melhor esperar ate os tres???!!!!??



O que fazer? Nao poderia ser um pouquinho so mais facil? Me diz.



xxx



Gra



terça-feira, 28 de outubro de 2008

1 aninho


O Nicolas fez um aninho dia 13/10. Foi uma grande alegria para nos esse um ano de vida dele, nossa vida mudou completamente desde que soubemos que estavamos esperando por ele, assim que nesse um ano e nove meses de vida do Nicolas, nossa vida nao e' mais a mesma. Ela e' mais feliz, agora sim e' completa e a cada dia que passa aprendemos algo novo. Claro que nem tudo sao flores, porem para ter um jardim florido e lindo e' preciso ter esterco, chuva, vento e espinhos tambem; entao que venham os desafios e que Deus nos de forca, paciencia, sabedoria e discernimento redobrado para lidarmos com todas as situacoes que nos desequilibra por completo.

Dia 13 caiu numa segunda-feira, fizemos um bolinho, nao foi a festa como eu gostaria, nao pudemos chamar todos os nossos conhecidos, pois nao temos espaco e nao tinhamos (e nao temos ainda) verba para alugar um lugar, bancar comida, bebida e etc. Sem dizer que nossas familias nao estaria por aqui, ai ficamos pensando sera que faz sentido fazer uma "FESTA" sem nossas familias? Sem dizer que e' o primeiro aninho, ele nao entende tanto ainda.

Resolver fazer um bolo e chamar as criancas que nos conhecemos e foi assim, eles brincaram, comeram. O Nicolas estava animadissimo, acordou a 7h e so dormiu as 16h15 na hora do parabens, mas ai as meninas esperaram ele acordar e cantamos parabens di novo. Foi bem gostoso.

Ele curtiu, a casa com mais espaco, as criancas juntas, musica, os brinquedos espalhados. Infelizmente a madrinha daqui nao veio e uma amiga nossa veio mais tarde, mas veio.

Eu fiquei alguns dias lembrando como tudo aconteceu um ano atras, o Paulo disse que eu estava fazendo a "retrospectiva" e acho que foi bem isso. Bobeira de mae, pode ser? Mas que um parto nao tem como esquecer, isso nao tem!

Obrigada as meninas-maes que vieram com os filhos: Adira, Rosangela, Priscila e Katia.
E muitissimo obrigada tambem para todos que enviaram e-mails, recadinhos no orkut, mensagem no celular, no msn ou telefonaram. Agradecemos todas as oracoes que incluiram o nome do nosso filhote, presente melhor que este nao existe. Valeu mesmo, do fundo do nosso coracao.

Ano que vem tem mais....

xxx

Gra


(tem fotos da festinha no Orkut, quem quiser me adiciona la, estou como Gra Flor)

quarta-feira, 1 de outubro de 2008

Dia Nacional de Doacao de Leite Humano

Sim, e' hoje acabei de ler no Portal da Gazeta do Povo.
Todos sabemos quem, infelizmente, nem todas as maes conseguem amamentar como gostariam. Entao quem tem um pouco a mais, por que nao doar? O bem que se faz e' enorme e os beneficios para os que recebem o leite materno entao.
Eu consegui amamentar por pouco tempo, quer dizer, gostaria de ter amamentado mais, mas nao deu, entao ate os 5 meses e meio, meu filhote mamou no peito apesar de que eu tinha que complementar com mamadeira; porem isso nao me fez sentir menos mae, ao contrario, fizemos o que foi o melhor para ele. Nao poderia em hipotese alguma, deixa-lo com fome.
"E' maior a alegria de dar que receber"
(Atos 20, 35)
xxx
Gra

segunda-feira, 29 de setembro de 2008

1 ano quase chegando....




... falta so 14 dias para o Nicolas completar 1 ano. Meu Deus nem acredito que ja passou um ano.... sao muitas, mas muitas emocoes. Lembro como hoje o dia do parto, os ultimos meses - sem dormir - a minha gravidez, a espera de quase 1 ano e meio para conseguir engravidar, a gente dando a noite para a galera por telefone, ao vivo, por e mail, msn... que loucura gostosa.



E agora o rapaz ja vai fazer um ano. Quando ele completou 11 meses compramos um bolinho, como sempre, tiramos foto e dessa vez colocamos uma velinha, porque ele ja assopra e o melhor de tudo, esse mes ele provou o bolo tambem. Curtimos muito. Foi lindo, maravilhoso, to tao feliz!!!



O Nicolas comecou a ficar de pe primeiro que engatinhar, achavamos que ele nao iria engatinhar, que iria andar direto, que nada. Agora ele engatinha, fica de pe, e da varios passinhos segurando na nossa mao ou segurando nas coisas (cadeira, cama, mesa, comoda, sofa), sem dizer que ja esta soltando uma das maos, quando da esses passinhos, susto total a primeira vez.



O Paulo falou que eu ia comprar um capacete para o menino, para ele nao se machucar. Pensei: sabe que nao e' ma ideia.



Com a boca com 7 dentes e outro querendo nascer, que nao nasce, so quer faz mais de um mes e o pobre sofrendo, ele ja come de tudo. Queijo e' algo que ele adora, eu corto em palitos e ele pega um por vez, mastiga (pq nos ficamos falando 557 vezes, que tem que mastigar).



Estamos indo em alguns grupos de atividades para criancas na idade dele, e ele esta simplismente, amando. Percebi que esta mais solto la tambem, brinca mais com as criancas e em casa ta falando mais. Adora musica, danca ate e algumas musiquinhas, como cabeca/ ombro/ joelho e pe; ele coloca a mao na cabeca e depois na orelha. Ah, ele ganhou um livro, em uma das contacoes de historia que vamos nas bibliotecas, e e' um livro super colorido, com animais, e cada vez que contamos, fazemos os barulhos dos animais e agora ele imitar. Uma coisa fofa... perguntando Nicolas cade a coruja, e ele faz os ruidinhos da coruja, do leao, do lobo, imita o cachorro, tenta assoviar para imitar o passarinho... uma graca e eu? Eu choro de alegria!!!



Coisa de mae boba e de primeira viajem, mas que e' lindo, e'!



xxx



Gra

terça-feira, 16 de setembro de 2008

Leio demais!

... foi isso que eu ouvi quando estava conversando com uma amiga, sobre uns bonecos que eu nao gosto que o Nicolas brinque com eles, alias ele nem tem, mas como eu estava na casa dela e os filhos dela tem os "tal" bonecos ele estava brincando. A conversa foi mais ou menos assim:
- Eu nao gosto desses bonecos, ja li uma vez que......

- Sabe qual seu problema?
- ????
- Voce le mais! Relaxa deixa o menino brincar tranquilo, para de ler tanto isso fal mal...
- ????

Imagina a minha cara.... fiquei meio sem graca, sem fala, so fiz um "haaa" e pronto, continuei brincando com as criancas, distrai o Nicolas e tirei os bonecos de perto dele. Pode ate ser que meu problema e' que eu leio demais, isso nao me incomoda, eu acredito em algumas coisas e quero passar isso para meu filho. Sou aberta a opiniao dos outros, sempre ouco o que me dizem mas nem tudo cabe a mim ou a minha vida.

Entao continuarei lendo, continuarei com esse problema!

Alias queria falar sobre isso hoje.... 2008 e' o Ano Nacional da Leitura por aqui, e tem sido muito bacana ver as atividades, as iniciativas e todo o entorno das atividades que estimulam (ainda mais) a leitura. Digo "estimulam ainda mais a leitura", porque as pessoas leem muitoooo.


As bibliotecas possuem um espaco otimo para adultos e criancas, ha bibliotecas por todo lado e com acesso para pessoas com cadeiras de rodas, tem os dias de contacao de historia para bebes e criancas abaixo de 5 anos, tem tambem os dias para auxiliar as criancas, maiores de 5 anos, na realizacao de historias. Os jornais diarios estao disponiveis nas bibliotecas, as bibliotecas tem acesso a internet (nao e' superhiper rapido, mas tem). Sem dizer que todos os dias sao distribuidos 3 jornais gratuitamente, 1 fica nas estacoes do metro e os outros 2 sao distribuidos nas estacoes de metro e
nos principais pontos da cidade.


Bom pelo que eu entendi a ideia e': Leia! Nao importa o que, onde ou quando, leia esse ano mais do que nos outros e aprecie o gosto pela leitura. Pessoas famosas, conhecidas ou importantes estao lendo trechos de livros nas radios, ha mais contacao de historia nas bibliotecas, inclusive para adultos, as bibliotecas tem promovido leitura com debates com os adolescentes, tem sido gostoso participar e viver esse momento.

Apesar de ter que ouvir que meu problema e' que eu leio demais....

Ainda bem que eu nao ligo, senao estaria louka, loukinha da vida!


Mais informacoes no site: www.yearofreading.co.uk




Assim que der eu volto

xxx

Gra
















quarta-feira, 3 de setembro de 2008

Sera o anti...


Nao faz muito (acho que 3 meses!) que voltei a tomar o anticoncepcional e desde entao estou sentindo umas dores no estomago ferrozes! Nao sei se e' coincidencia ou sei la o que, que acontece comigo, so sei que doi muito, ai nao como, ai doi a cabeca e ja viu, vira uma bola de neve.

Mas a Dra. Gineco mandou voltar a tomar, e' bom, sem dizer que previne que o Nicolas ganhe um irmaozinho ou uma irmanzinha agora, entao vamos tomar, apesar desses inconvenientes....

Sera o anti?????

Se continuar assim mais uns 2 meses vou tentar conversar com o medico di novo, para ver se ele libera a receita dos parches... porque aqui nao posso comprar o Evra, na farmacia eles so liberam com a receita medica, raios!!!

Vou tentar esperar mais um pouco.... sera que sera que sera???? ai que dor que da? estomago e' florida

xxx

Gra
(creditos da foto para www.fotosearch.com )

domingo, 31 de agosto de 2008

Os outros dentes....

Fala pra mim que careta e' essa????
Mas da pra' ver os dentes de cima... e mae coruja... e o pai entao nem se fala!!!

quarta-feira, 27 de agosto de 2008

Os dentes!




8, 9 e 10

Sim, meu pequeno ja esta com 10 meses e meio. Quase um moco, ja nem chamo ele de bebe mais.
Os 8 e 9 meses passamos no BRasil ao lado dos avos paternos e maternos e ao lado da bisa, das primas, dos tios, junto com todo mundo que estava por la. Foi bem legal! Alias o Nicolas adora uma festa, da muitas gargalhadas.
Saimos daqui, ele com 7 meses recem completados e um dentao, o de baixo da frente para fora, voltamos e ele com 9 meses e meio e mais 4 dentes, outro embaixo e mais 3 em cima. Lindo de mais.
Nao sei se ele ira engatinhar, sei da importancia de engatinhar, mas ele nao da sinais de querer engatinhar nao, se posiciona, mas em seguida deita. Eu digo que esta indo de "peixinho", porque ele parece um peixinho mesmo. Em contra partida ele ja fica de pe sozinho no berco e mais ja solta as duas maos... ai que vontade de morder (de tao lindo que ele esta!).
Falando em morder, tudo vai para a boca. E como dizer para uma crianca que esta na fase oral, para nao colocar coisas na boca. Impossivel.
Continuo tentando, pelo menos a mao eu peco, vou tiro da boca, quando viro as costas, ele ja esta com a maozinha la na boca de novo e parece que esta tao gostoso. Vou continuar tentando.
Sou muito feliz por ser mae, mesmo com todas as mordidas que tenho levado... rsrs e' engracado e dolorido, mas e' gostoso. To aproveitando ao maximo, sei que essa fase passa logo!
Por hoje e' so, ele ja esta acordando e precisa da minha atencao...
xxx
Gra

sexta-feira, 22 de agosto de 2008

Como magica

Nao sei como, mas foi como magica, consegui postar o post que eu havia escrito, que alegria, assim como magica.... como e' bom lembrar de quando nos alegramos com algo tao simples. Sim as coisas simples da vida normalmente sao as melhores e infelizmente nem sempre conseguimos enxergar e aproveitar...

La vou eu, a pia e o fogao me chamam, mas eu volto, promessa!

Gra

A saga continua....

Nao sei o que esta acontecendo...
Acabei de escrever um post e nao consigo publica-lo, que magavilha. Mais de 2 meses sem postar e quando consigo um tempo nao consigo postar.... help me please!

Foi assim....

.... como ver o mar!!!

Quer dizer foi quase assim, porque os 2 meses e 5 dias que eu fiquei no BRasil, quase, foram um sonho e por muito pouco, tambem, quase nao viraram um pesadelo.

Loucura, loucura, loucura! Total!

A expectativa era grande, muitoooo grande. Ja de cara no aeroporto vi que nada havia mudado, para variar, sair no portao de desembarque e nao havia ninguem me esperando, que raiva, que droga, que chato. Depois de 12 horas voando, depois de estar fora de casa ha mais de 15 horas, com o Nicolas cansado, malas, o aeroporto um caos (nunca vi tanta gente junta, com tantas malas em um espaco tao pequeno)... mas tudo bem, aquilo tudo ja era um sinal que eu nao quis ver.

Foi bom estar la, mas se pudesse iria, ficaria uma semana, duas no maximo e pernas para que te quero, casa outra vez.

Como tudo na vida nao e' como nos gostariamos, la estava eu. O encontro com meus pais e meu irmao depois de quase uma hora, foi gostoso. Eles nao mudaram nada, mentira minha; tinham um sorriso no rosto de dar inveja, e mais com o neto no colo, nao se cabiam em si.

Minha avo quase teve um troco quando viu ele... e' engracado como eles nem repararam em mim, pra que? E ta certo, o Nicolas foi o centro da atencao e fiquei muito feliz com o carinho que ele recebeu de todos.

Hoje faz 1 mes que voltei para Londres e so agora consegui parar um pouco para escrever, vida de mae, porem quero voltar aqui para contar algumas "perolas" que eu ganhei por la e que me fizeram repensar em muitas coisas.

Estou em falta com alguns blogs que eu lia e participava, mas acredito que apartir de agora consigo voltar a participar mais da vida na blogosfera; que alias fez uma falta danada para mim...

See you soon

Gra

sábado, 31 de maio de 2008

E o Brasil continua lindo!!!

Depois de muito tempo, aqui estou correndo como louca, mas feliz, apesar do cansaco fisico e da saudade enorme do Paulo.
Mas o BRasil continua lindo, apesar de todos os pesares... e´sempre maravilhoso estar com a familia e com os amigos queridos.
Infelizmente nao tenho acesso a internet na casa da minha vo, mas assim que der eu volto para dar noticias. Estamos bem e isso e´o mais importante.
Continuo no mesmo batlocal em Sao CAetano, quem lembra onde e´se quiser passar por la, fique a vontade ou me manda um e mail e assim que der, tento responder.
Agora preciso ir, pois estou na casa da minha mae, churras de aniver do meu pai e nao posso ficar aqui na frente do computador, vamos aproveitar os momentos em familia.
Bjs nosso
Gra e Nicolas

quarta-feira, 30 de abril de 2008

Noticias


Lendo os post, parece que sou exagerada, que em abril nem aconteceu tanta coisa assim, mas aconteceu sim... e aconteceram algumas coisas que eu gostaria de ter participado mais nao deu... entao, tive que:

* decidir se voltava a trabalhar ou nao, e ai fazer minha carta, dizendo sobre minha decisao;

* decidir sobre ir ou nao para o Brasil, sendo que se a decisao fosse sim, iria so eu e o Nicolas (ai que frio na barriga) e alem disso ir atras de passagem para nos, sim o Nicolas ja paga, que absurdo, mas e' verdade;

* ir atras das coisas para o batizado, que gracas a Deus, deu tudo certo. Porem nao foi facil achar uma roupa para ele... por fim ele foi com uma roupinha nova, mas nao toda branca, nao achei e a unica que achei era cor champanhe, mas o tecido nao era algodao, entao esquece ele nao pode, de jeito nenhum;

* comecamos com a alimentacao solida.... e' uma fase muito gostosa, mas trabalhosa tambem. Comecei como os medicos orientam no Brasil, primeiro os pures de fruta, depois as papas salgadas... que estou tentando ate agora, porque ele nao esta gostando muito. O que ele gosta mesmo e' da batata doce, por ser docinha como as frutas e como o leite. Tem sido momentos de muita aprendizagem para mim. Agora ele ja esta com 4 refeicoes - cafe da manha, fruta da manha, almoco e fruta da tarde, depois que ele completar 7 meses, entro com a janta.

Um mundo para mim esta se abrindo... e ele continua lindo, maravilhoso, dormindo a noite toda e o Paulo o paizao coruja de sempre, me as duas maos que ele pode, principalmente agora, que tenho que preparar o minguau de manha e a mamadeira, a noite quando preparo as papinhas, ele tem sido um super companheiro e eu so agradeco a Deus por tudo isso.

Infelizmente nem tudo sao flores e segunda recebemos uma ligacao nos avisando que um amigo nosso havia sido pego pela imigracao.... ou seja, la se vai mais uma amizade. Claro que tentaremos manter contato, mas e' dificil, diferente estado, a distancia, o tempo. Nao e' a primeira vez que passo por essa situacao, mas e' horrivel, fiquei mal.... nos sabemos o quanto ele confia em Deus e se depois de todos esses anos, 7 anos fora do Brasil, longe da familia, dos filhos... chegou a hora dele voltar. Que seja feita a vontade de Deus na vida dele e na nossa.

Alguns vaos e outros vem ou revem (inventei essa palavra, sorry)... reaprecem. Estava quase saindo do orkut, como e' atravez dele que mantemos contato com nossos amigos, familiares, a galera pode ver as fotos do Nicolas, entao ficarei mais um tempo e ai nesse meio tempo reencontrei uma amiga, grande amiga, de uma epoca maravilhosa da minha vida. Motivo de alegria te reencontrar Vi. Um abraco grandioso a ti, vc sabe o quando gosto de vc e da sua familia.

Acho que consegui colocar o que queria em dia! Qualquer coisa quando der eu volto....

xxx

Gra

6 meses do Nicolas!



Dia 13 de abril foi o comeco de uma nova fase na vida do Nicolas. Ficamos muito felizes, pois no dia que celebramos os 6 meses de vida dele (meio ano de vida... o tempo passa voando!), celebramos tambem o primeiro dia de vida dele. Sim, a vida de cristao do Nicolas comecou dia 13 de abril de 2008, foi o dia que o batizamos.



Uma celebracao linda, a palavra falava sobre a volta de Jesus, Ele estava no meio dos discipulos e eles nao conseguiram ver... estavam tristes, questionando o por que da partida de Jesus! E Jesus ja estava la no meio deles... que bonito e que coisa, pois o mesmo acontece ainda hoje. Jesus esta conosco no nosso meio e nao conseguimos ve-Lo, senti-Lo e pior ainda, ficamos so reclamando, achando que Ele nao nos ouvi.



O Nicolas se comportou muito bem. Na quarta que antecipou o domingo do batizado, ele pegou a primeira gripe dele, entao no domingo ainda estava com o nariz um pouco congestionado e para ajudar caiu uma chuva que Deus mandou. Eu tentei me controlar, pois estava um pouco preocupada com a gripe dele, mas nao foi nada de mais. Sei que essa e' a primeira de muitas que virao, sim porque crianca fica doente desde sempre. O padre nos orientou e os padrinhos do Nicolas estao la no Brasil, e' o Joao Ailton e a Jane, e os casal que representou os padrinhos aqui, sao os padrinhos de representacao, e' a Rosane e o Marcos (e eles estavam muito felizes por estar ali naquele momento, compartilhando da nossa alegria, foi muito gostoso, como tudo aconteceu!).



Obrigada Jesus por aquele momento, por aquele dia!



Obrigada aos amigos Joao e Jane, Rosane e Marcos. Obrigada aos amigos que puderam ir e passar conosco aqueles momentos juntos, por fim almocamos juntos e ele ainda ganhou um bolinho para comemorarmos o batizado e os 6 meses.



Infelizmente ainda nao temos fotos do batizado, pois nao ficamos tirando fotos, mas alguns amigos tiraram, entao so tiramos fotos na hora do almoco.



Obrigada aos amigos, que foram, que nos presentearam, muitissimo obrigada: Maria - Marta, David e Jr - Ana - Leo, Julin e Maria - Renata e Michael.



xxx
Gra
*quando o Nicolas fez 3 meses eu fiz um post aqui e ai a Ceila la do Desabafo de Mae, citou meu post, fiquei muito feliz.... e isso foi ha 3 meses.... vou procurar o link do post para colocar aqui: http://blogdodesabafodemae.blogspot.com/search/label/3%20meses

02 de abril ha 3 anos!

"A unica esperanca para o homem esta' na misericordia de Deus".
Joao Paulo II


Esse dia e' especial para mim, com uma mistura de sentimentos.

Nesse dia ha 3 anos, nosso querido Joao Paulo II partia para a casa do Pai (que tristeza, que homem de fe, que exemplo!).

No mesmo dia nascia a pequena sapeca Bia, minha prima linda, que eu amo muito, apesar de nao ter tido tanto contato com ela como tive com a irma dela, mas ela e' uma fofa.



Entao dia 02 e' um dia assim... com uma mistura de sentimentos, entre alegria e saudade!
Agradeco a Deus por esses presentes maravilhosos que Ele nos concedeu!
xxx
Gra

(foto Papa Joao Paulo II: http://www.cancaonova.com/)



Abril.... comecou e ja acabou!

Esse mes foi, literalmente, punk! Ele comecou e ja esta acabando, quer dizer ja acabou, hoje e' o ultimo dia do mes e eu nao consegui vir aqui nem um dia, que vergonha.
Foram tantas coisas para resolver, decidir, comecar, continuar, reencontros... ufa, cansei. O Nicolas acabou de tirar uma soneca e eu que tinha umas quantas coisas para fazer, disse nao!!!! Vou postar rapidinho, mesmo que nao consiga postar tudo, mas vou tentar!
Vou tentar fazer uma linha do tempo rapida com os fatos mais importantes e vou escrevendo o que tem que ficar registrado aqui. Vou conseguir, com fe!
Gra

terça-feira, 25 de março de 2008

Pascoa com neve!!!!







Natal e Pascoa sao datas especiais para nos. E esse ano foi mais que especial.... primeiro porque passamos em familia: eu, Paulo, Nicolas e Maria; segundo porque foi tranquilo em paz, lembramos o verdadeiro significado da Pascoa. Ressureicao, renascimento... e de repente neve!



Sim, nevou e fez muitooooo frio. Passamos sem ovos de chocolate (que bom!), comemos um bacalhau maravilhoso (que o Paulo preparou!!!!) e uma sobremesa de banana com toffe que a Maria providenciou que fez com que lambessemos os dedos. Nicolas ainda nao aproveitou, ficou so no leitinho dele, mas ano que vem aproveitara mais.

Mesmo sendo terca ja, que a Pascoa do Senhor, aconteca todos os dias nas nossas vidas. Feliz Pascoa!!!

xxx

Gra
Related Posts with Thumbnails