Ah, a maternidade!

Eu sempre quis ser mae.

Nao sei quando ou como esse desejo se instalou em algum canto do meu ser, so' sei que ele sempre esteve la'; talvez por ter convivido com criancas desde sempre (minha prima e' 3 anos mais nova que eu e depois veio meu irmao!).

Aos 13 anos comecei a trabalhar em uma escola, ajudando no bercario. No comeco nem chegava perto dos bebes, eu so' ajuda a bercarista mesmo (fazendo o trabalho sujo sabe? Lavando as fraldas de pano para tirar o "grosso" e colocando para secar, depois guardava nas bolsas dos bebes; pegava coisas no almoxerifado; buscava mamadeiras/ sopinhas/ papinhas/ frutinhas na cozinha e depois levava tudo de volta ) e mesmo assim eu amava aquelas criancas, a escola, aquele clima todo.

Continuei trabalhando em escolas por anos. Em 2004 sai do Brasil e casei no final do ano (e' foi tudo ao mesmo tempo agora) e depois de 1 ano e meio tentando, conseguimos  engravidar.

Um mundo novo se abriu para mim... por mais que eu soubesse na pratica e na teoria muita coisa, algumas coisas se perderam, outras perderam totalmente o sentido.

Lidar com um sangramento as 11 semanas de gestacao, nao e' facil para ninguem, coloca a paciencia de qualquer um a prova, principalmente quando se tem que esperar mais de 12 horas para conseguir fazer um ultrassom e ter a certeza de que seu bebe ainda tem batimentos cardiacos.

Vivo essa minha fase da maternidade longe da familia, somente eu, meu marido e meu filho. Aprendi e aprendo muito na blogosfera, mas meu maior aprendizado foi ouvir meu instinto, ter um filtro e deixar um pouco todo esse "conteudo" que ha' por ai, de lado e viver a vida (isso e' bom, vai por mim!).

Sou muita grata por tudo que li e aprendi nas buscas pela pela internet, por isso nesta pagina deixarei alguns links, que eu acho que sao uteis para quem procura informacoes sobre esse tema tao... vasto!

Minha gravidez foi tranquila e acredito que minha maior transformacao comecou (antes com certeza, mas na pratica) no parto. Um parto normal hospitalar, jamais imaginado por mim:

A amamentacao nao aconteceu como eu imaginava:
Reflexao sobre Amamentar: Amamentar nao e' um ato de amor

Percebi que estava em desenvolvimento ainda (e devo continuar):
Mae em desenvolvimento (ou somente um desabafo)

Escrevi algumas cartas para meu filho: junho/2010,  julho/2010, fevereiro/2011 e outubro/2011

O tempo passa rapido e as criancas tem muita imaginacao, elas podem nos surpreender:
Crianca precisa de bem pouco para ser feliz!

Indicacao de livros, sobre maternidade (essa lista e' extensa, comeca hoje, mas vou atualizando-a)

Alimentacao sempre me preocupou e preocupa ainda:
Sempre me perguntam o que comemos por aqui. E eu te digo, nem so de Fish and Chips vivem os ingleses e nos brasileiros menos ainda: da uma olhada!
Receita para aliviar a tosse: Abacaxi nela
Receitas que testamos e aprovamos (ou nao!)



* Esta pagina esta em construcao ainda. Novos links surgirao.
Caso tenha sugestao de links, favor deixar nos comentarios.
Obrigada
Gra
(novembro/ 2011)

Um comentário:

  1. Grá...tenho um blog que comecei e depois parei,,,mas quero continuar assim que der tempo.....aqui conta um pouco da minha aventura ...bjus
    http://eufuiparala.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
Related Posts with Thumbnails