sexta-feira, 30 de abril de 2010

Quase agora

Hoje foi um dia tao gostoso, apesar da virada do tempo, fez um dia nublado la fora e um dia ensolarado aqui dentro.
Entao vamos ao que interessa, fotos:
Tudo comecou assim, explorando as cores com o pincel,
dividindo o papel

Mistura, mistura, mistura,
experimenta, experimenta, experimenta

Com as maos e' mais divertido


Pintar as maos e' melhor ainda

Companheirismo entre amigos
e depois disso so nos restou fazer uma coisa

Banho.... com muita espuma,
mais festa. O dificil e' tira-lo dai.

Da logica infantil:

Luna: "Tio Paulo, cade sua mae?"

Paulo: "Ela ta no Brasil, la longe"

Nicolas: "Nao, ela ta ali o" (apontando para mim).

E mais uma vez eu fiquei sem saber o que fazer: se rir ou chorar.

quinta-feira, 29 de abril de 2010

Pagando a lingua

Antes de ser mae, eu via algumas coisas, que me dava um arrepio nas costas, serio mesmo, subia na espinha um calafrio. E eu pensava, nunca que eu faco isso. Ate agora ainda nao fiz, algumas, das muitas coisas que ja vi, porem dizer..... afff. A minha mae e' a rainha em dizer: "No meu tempo..." nao tinha isso, nao tinha aquilo, eu nao pude fazer isso, etc etc e etc.

Mais uma vez eu pensava, eu nunca vou dizer essa frase "No meu tempo...", que coisa mais sem graca, nem um pouco construtiva e mais com cara de inveja do que outra coisa. Porem, quando adentramos no mundo materno, muitas, mas muitas coisas mudam mesmo. E aqui estou eu pagando a minha lingua, pois ja me peguei pensando: "No meu tempo nao tinha isso, nem aquilo...", ai uma luzinha vermelha acendeu e me deu um pequeno choquinho, para me despertar e eu perceber que aqueles pensamento nao me pertenciam.

So que aqui eu posso confessar e nao preciso encobrir nada. Mesmo nao sendo nutritivos, eles sao lindos, nao resisti e comprei para nos o meu filho.

 Turkey Nuggets de Dinossauros
(quando eu os vi, depois de assados, na hora eu lembrei de um aluno meu, o Rafael, 
que sempre foi apaixonado por dinossauros e do filho mais velho da Samantha)


E claro, isso so inspirou o pequeno a fazer sua propria obra de arte com o sanduiche.
Na segunda foto ele quis colocar no meio do prato, pra sair bonito na foto (rsrs)

Agora, vai ganhar um premio (e' serio), quem acertar o que e' que esta na parte 
de cima da casa, o pedaco pequenino.

Deixe sua resposta/ aposta no comentario com nome e e mail para contato,
na proxima quinta eu conto o que e' e quem acertou.


{Atualizacao} Obrigada a Chris e a Lu, que participaram, por favor, entrem em contato comigo pelo email: gra_flor@hotmail.com, que tem premio/ lembranca para voces ta? E' uma lembranca mesmo, mas e' de coracao.
Agora conto para voces o que e' esse pedacinho de casca de pao na parte de cima da casa, o alarme de incendio que ha aqui em casa no corredor dos quartos, algo que chama muito atencao do meu filho, qualquer dia tiro uma foto e coloco aqui para voces verem... e em um outro post, falo mais sobre isso; e o que mais me admirou foi a observacao dele... Abracos a todos!

quarta-feira, 28 de abril de 2010

{Martes Mudo}


O calor da primavera nos permite tantas coisas boas, alem da beleza das flores, o cantar dos passaros, andar descalco na grana, imitar os passaros, correr, aprender a se equilibrar; tudo isso e' muito, mas muito bom. 

Estar em sintoniza  com a natureza e' algo que estou aprendendo com a maturidade, experiencia impagavel.

segunda-feira, 26 de abril de 2010

Primavera








Sabado de sol, curtindo a Primavera em Camden Town - Londres
Abril/ 2010

segunda-feira, 12 de abril de 2010

Das surpresas da vida

Sei que nao sou a melhor mae do mundo, mas tenho me esforcado e dado o meu melhor para o meu filho. Acerto sempre? Nao, mas tento e tento mesmo com todas as minhas forcas, muitas vezes quebro a cara e outras tantas sou supreendida por um menino amavel, generoso e com um coracao enorme.

Um dia saimos, so nos dois, fomos para um aniversario de crianca, porem era longe e eu fui munida de frutas, bolachas, paezinhos, agua, livrinho e etc. E' preciso estar preparada, com crianca nunca se sabe, e mais que era sabado, troca de onibus, troca de metro, um caos, demoramos 2 horas para chegar ao local da festa (ja era esperado!). Quase chegando, ele sabendo que tinhas varias coisitas na bolsa, disse que estava com fome, dei uma bolacha e ele deu duas mordidas e nao quis mais. Perguntei se queria que eu guardasse ou se eu poderia comer e ele me disse nao, guardou a bolacha no bolso. E esquecemos.
No dia seguinte fomos ao supermercado andando, meu filho sempre anda de maos dadas comigo e quando paramos no farol para atravessar, olho para ele e ele comendo uma bolacha. Pergunto assustada, sem nem lembrar do dia anterior:" Filho quem te deu essa bolacha?"
"Eu guardei, lembra mamae?"


XXXXXXX ::::::XXXXXX


Depois do banho, quer dizer, depois da luta para tirar meu filho do banho, vem a segunda luta para troca-lo, entre cremes, toalha, roupa e nos, ele vem para me bater (passamos por essa fase, ainda bem, que esta passando, mas sei que ela pode voltar ainda). Quando ele me bate, sem querer ou por querer eu sempre explico (quer dizer, falo toda aquela ladainha) que bater nao e' bonito, que se ele machucar muito a mamae, a mamae vai ter que ir pro hospital.
"- La no hospital o medico conserta"
"- As vezes o machucado e' muito feio e nao da para consertar filho, ai voce ja sabe o que acontece ne?"
"- Ai voce vai la com o Papai do Ceu, ele conserta e depois voce volta pra casinha, arrumada e nova".
Ai filho, que bom se tudo fosse tao simples, como a logica infantil. Te amo muito.

XXXX::::::::XXXX


Sempre converso com o Nicolas sobre bater, devolver tapas, empurroes e essas coisas. Mas meninos sao meninos e pronto. Batem e acabou, parece que para o mundo e' assim. E vou dizer, estou cansada de todo mundo me dizendo que TENHO que ensina-lo a se defender, revidar e que isso VAI SER MELHOR para ele. Assim mesmo com letras maiusculas, entao estou cansada.
Mas, voltando para o que eu queria deixar registrado, outro dia fomos a um playgroup e um menino cismou com o Nicolas, onde ele ia o menino ia atras, eles brincaram juntos, o menino era o dobro do tamanho dele, apesar de ser so 6 meses mais velho. E em um determinado momento, ele estava dentro de uma casinha e queria sair e o menino comecou a bater nele, na barriga, eu por perto, mas esperei um pouco para ver como ele iria reagir (claro que o menino nao estava machucando, senao eu iria interferir sem pensar) e ele, sabe o que fez?
Afastou o menino com a mao e dizia: para, para. Como o menino nao parava, ele soltou um: stop, stop please. E o menino parou, deixou ele de lado e foi procurar outro para assustar. Ele so olhou para mim e soltou um sorriso, quase que como dizendo: viu mamae nao bati. Eu fui e dei os parabens para ele e disse que era assim mesmo que resolvia a situacao com os outros, conversando.
Claro que tinha uma brasileira perto de mim e comecou a dizer todo aquele papo outra vez, que eu tenho que ensina-lo revidar e bla, bla e bla. Eu so disse ta, e fiquei muito feliz e orgulhasa de como meu filho resolveu a situacao. Acredito que em algum momento ele se sentir mais intimidado, ele sabera como reagir, ele sabe o que e' bater e eu nao preciso ensina-lo ou estimula-lo ainda mais.


(No Museu da Ciencia, aproveitando a parte para criancas. 
Museu esse que ele chama, carinhosamente, de museu da agua,
 porque tem uma parte maravilhosa, com agua para brincar, la!)

quarta-feira, 7 de abril de 2010

Sensacao de

nao pertencimento. E' essa a sensacao que eu estou, de nao pertencer a nada... assim que hoje com poucas palavras, fui la no portuga, tomei um galao






matei a vontade de sonho de padaria, que estava delicioso, apesar de ser 3h da tarde e ele era de manha


 


e voltei para casa, com a certeza de que preciso resgatar meus sonhos, planejar, tracar metas e seguir em frente. Senao essa sensacao de nao pertencer seguira, ate quando e para onde nao sei. So sei que nao quero.

Sei que esse post ta mais para lamento, mas aqui tambem e' um canto onde penso, reflito e desabafo... espero encontrar o animo em algum cantinho e voltar logo, mais animada.

Otima semana para todos.

domingo, 4 de abril de 2010

Pascoa

Feliz Pascoa para todos que passam por aqui.


Nao desisti do blog nao, amanha a programacao volta ao normal, seja la o que for "ser normal".


Nossa Pascoa, foi assim.... bem tranquila. Lemos a historia da Crucificacao e da Ressureicao de Jesus (Marcos 16, 1-7 e Joao 20, 1-8). Nosso menino adorou fazer a decoracao para o coelho e na noite/ madrugada de sexta para sabado tossiu e espirrou bastante; entao nao teve jeito, ontem comecou uma gripe, daquelas que o nariz nao para de escorrer e uma tosse de cachorro... logo, logo passara.

Por aqui ha pouquissimos feriados, de 4 dias somente esse da Pascoa, que engloba a sexta feira santa, o sabado e o domingo de Pascoa, mais a segunda. Entao estamos aproveitando que o papai esta em casa, muito bom!
Pascoa
PascoaPascoa
Pascoa

* Clica nas fotos que aumenta.
** Para usar as cascas de ovos, primeiro lave-as com agua quente e em seguida, coloque no microondas em potencia maxima, por 1 minuto e meio; isso para evitar contaminacao por salmonella.
Related Posts with Thumbnails