sexta-feira, 14 de agosto de 2009

Durma com os anjos!




Domingo foi dia dos pais no Brasil. Eu que nao sou fa de data comemorativa, nem tava afim de escrever nada sobre e pra ajudar nao tinha muito o que comemorar, pois meu pai foi internado na quinta-feira (depois de 2 anos e 2 meses sem ter que ser internado).



O frio forte que estava fazendo em Sao Paulo e a idade dele, contribuiram para a falta de ar e com isso dificuldade para respirar, o "coracao estava fraco" e ai nao teve jeito, foi preciso interna-lo para que o antibiotico fosse ministrado na veia e agisse mais rapido.



Logo que sai do Brasil, meu pai ficou muito doente, esteve internado por varias semanas e eu... bom eu sofria muito e sofro ainda, mas agora um pouco menos, acho que amadureci e entendi que algumas coisas fazem parte da vida e nao temos como muda-las.



Nessas horas, peco a Deus, que faca a vontade D'Ele na vida do meu pai e me lembro de tudo que ja vivemos de bom, de tantas coisas que aprendi com meu pai e esqueco coisas que nao irao mudar mais... porque se tem coisas que nao tem como mudar, para que ficar relembrando, remoendo e sei la mais o que.



Sabado depois que falei com minha mae por telefone e fiz minha oracao, fiquei lembrando do sorriso do meu pai, das historias que ele sempre contou sobre as guerras, sobre meus avos.... e percebi o quanto eu aprendi com ele e nunca havia me dado conta.



Com meu pai, aprendi...



* que falar a verdade e' melhor que contar uma "pequena mentira";



* que amor e' importantissimo, fundamental mas que tambem precisamos de dinheiro para sobreviver;



* ser forte e' nosso dever, mas admitir que as vezes somos fracos tambem e' nossa obrigacao;

* querer e' poder (depois de mais 50 anos como fumante, ele largou o cigarro ou teria no maximo 3 meses de vida, se foi verdade eu nao sei, so sei que ele levou um sustao e parou de fumar no outro dia... querer e' ou nao e' poder?);



* que preciso guardar 10% do meu salario, no final do ano terei meu 14o. e se eu guarda-lo em uma poupanca, na aposentadoria nao terei muito com o que me preocupar (aprendi mas como e' dificil colocar em pratica);



Aprendi muito com meu pai, sempre fui apaixonada por ele, e quis sentir na pele o que ele viveu, so que eu fiz o caminho contrario, nao sei se terei a forca dele, isso faz com que eu o ame cada vez mais. Espero que ele fique bem logo.

Ah! Todas as noites meu pai sempre me dava um beijo e dizia "durma com os anjos", por isso o titulo desse post. Mais uma das muitas coisas boas que vivi com ele.

3 comentários:

  1. Gra,


    Sinto bastante pelo teu pai Gra e consigo imaginar exatamente o que sentes, pois venho passado por algo semelhante, como sabes né.

    E nós duas estamos distantes deles. Por isso, o melhor a fazer é mesmo pedir a Deus por eles.

    Sábios conselhos de teu pai. São para a vida toda.

    Beijão para vcs,
    Pri

    ResponderExcluir
  2. Oi Grazi, tudo jóia?
    Li sua postagem e fiquei muito comovido. Muito lindo, parabéns! Também tenho uma relação muito especial com o meu pai (veja os posts http://millercrotti.blogspot.com/2006/06/queda-de-um-anjo.html e http://millercrotti.blogspot.com/2006/06/queda-de-um-anjo.html).
    Dê uma olhada na última postagem também. Indiquei você pra participar de uma brincadeira.
    Abração e bom domingo pra você!

    ResponderExcluir
  3. Oi Gra,

    espero que seu pai esteja melhor. Que bonito seu post!

    bjs

    ResponderExcluir
Related Posts with Thumbnails