quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

Para alguem especial

Lembro-me bem do dia em que passamos um grande susto e depois de algumas semanas, a mae veio com a noticia de que por causa desse susto a menstruacao dela havia parado e ficou tudo baguncado e ai ela engravidou.


Mais uma vez, um acidente, o inesperado que se tornou tao esperado, quando soubemos o resultado do ultrassom, um menino.


Primeiro neto, na verdade segundo, mas que estaria mais perto e no convivio com todos, era o primeiro. A barriga da mae nao parava de crescer, ele quis nascer no dia do aniversario dela, quase que um presente, mas nao era chegada a hora ainda, esperou mais 11 dias e depois que ela comeu uma bela feijoada, ou algo parecido, so lembro que era algo pesado, ela foi levada para o hospital. Dias depois voltou com a barriga quase igual, mas junto um pacotinho lindo, todo embrulhadinho, buchecudo e lindo.


No comeco estranhei muito tudo aquilo, aquela paparicao, mas ele era bebe, entao tinha todo o direito. Cresceu rapido, tomou meu posto de princesa mas assumiu um melhor de rei. Ele virou o rei da casa, da familia, de todos. Ganhou o nome dos dois avos, uma tradicao espanhola que meu pai quis conservar, com muito orgulho. Ganhou os avos maternos como padrinho, so ele teve esse previlegio, foi o unico a ser batizado la na Basilica de Nossa Senhora Aparecida. Quanta hora.


Demorei muito para ter uma boa convivencia com ele, ja que ele era lindo, maravilhoso, buchechudo e que alegria ver a foto do andador (pena nao te-la aqui) e eu? Bom, eu estava no alto dos meus 7 para 8 anos, na minha primeira (de muitas) crises existenciais, magrela, feia, trocando dentes (oh fase chata!), usava oculos e sofria.


Mas o tempo voa e alguns anos depois ja disfrutavamos juntos as brincadeiras da infancia e aprendi a gostar de animais com ele, pois desde sempre esse menino foi apaixonado por bichos. Entao conviviamos com cachorros (que bebiam tinta e morriam e era um drama danado naquela casa, um chororo!), passarinhos (que foram derrubados de gaiolas, fugiram e deixaram os filhotes orfas de mae), peixes, tartarugas (que foram comidas e ficaram so com a pele e o casco, e mais choros), porquinhos da india (que comiam as capas da maquina de lavar) e um sonho grande de ser veterinario.


Viajamos juntos, acampamos, sorrimos e choramos juntos.


Hoje ele e' um homem formado (ou nao, nao sei!), que se esconde por tras das telas do computador, fucando, descobrindo e explorando a internet. Realizando projetos e sonhos. Aproveita a vida e busca a tal da felicidade, seja la onde e' que ela se esconde.


Queria poder me "teletransportar" (viajei eu sei, mas queria), para poder dar um abraco aperta e um beijo no meu querido irmao, dizer "Feliz Aniversario, seja feliz. Te amo". A saudade e' enorme, mas espero que ainda tenhamos muito tempo para rirmos juntos, baguncarmos juntos e viver muitos momentos felizes.



Agradeco a Deus pela sua vida e pelo presente que ele me deu: ter voce como meu irmao.
Pedro parabens, feliz aniver. Te amo, sua irma Gra

Um comentário:

  1. Oi amiga, passei para deixar um beijo e desejar um bom restinho de semana.Fique com Deus.
    Felicidades para seu irmão.

    ResponderExcluir
Related Posts with Thumbnails