quarta-feira, 23 de maio de 2012

O Tempo

Sempre ele. Volta e meia ele reaparece, pedindo atencao, requerindo espaco, exigindo confianca.

Nao posso, penso agoniada. Voce so' me deixa assim, com essa sensacao.

Queria o poder de faze-lo parar, congelar e coloca-lo naquelas bandeijas brancas que sao alocadas no freezer. Quando desse vontade, era so' abrir uma porta, duas portas e pega-lo de volta, saborea-lo, sem pressa.

Nao e' possivel, nunca e' possivel.

O passado nao existe mais, ja' passou. O futuro ainda esta' por vir, nao chegou. E o presente, e' um presente. Precisamos aprender a disfruta-lo.

Quando terminar esse post, o tempo que gastei para faze-lo, nao tera' mais sentido nenhum, tempo gasto, perdido, aproveitado.

***
Maio e' um mes lindo, mas ao mesmo tempo dificil para mim. Nao gosto de lembrar do dia 10 de novembro de 2010, nao gosto de despedidas.

Quando mais precisamos do tempo, ele voa. Quando menos o desejamos, ele se arrasta.

Nao reclamo mais, nao choro mais, tento nao pensar mais. Mas o tempo, bem que poderia fazer o que ele sempre fez de melhor: curar as feridas, apagar a dor, fazer esquecer.

***
Semana passada rendeu, mas essa ta dificil. Assim que o sr. Tempo der uma maozinha eu volto.
Abracos e otima semana para nos.
{isso nao e' uma reclamacao nem nada nao, alias nem tenho do que reclamar, o sol apareceu, hoje esta' um dia lindo... so' escrevi porque essa semana esta' dificil para mim mesmo; na semana que vem lembro o dia  que meu pai nasceu e eu sempre acabo ficando um pouco abatida, mas vai passar... ja' passou talvez, ao escrever essas linhas. Obrigada por ler e me aguentar!}

Um comentário:

  1. Gra! Sei como é... essa semana também foi meio difícil pra mim... muitas preocupações e saudades. Mas a vida é assim mesmo! Bora aproveitar o que é bom! ;) Beijo pra vc

    ResponderExcluir
Related Posts with Thumbnails