domingo, 22 de janeiro de 2012

Revirando o bau

Ou melhor a pasta 'rascunho' e colocando alguns posts em dia... tarde, muito tarde; porem como diz o ditado antes tarde do que nunca!

2011 foi um ano especial, especialmente no que diz respeito a visitas. Recebemos no total 4; isso nunca havia acontecido antes... muitos passeios, muitas visitas aos pontos turistico da cidade e alguns passeios especiais.

Ha' muito tempo eu queria conhecer Paris... mas a oportunidade nao aparecia, dinheiro tambem nao e ai fui adiando, adiando, mas sem deixar de procurar informacoes aqui e acola... Ate que quando minha prima disse que viria para ca e que gostaria de conhecer Paris tambem, me animei e comecamos a procurar passagens.

Acontece que final de 2010 fez um frio, digno do inverno e nevou muito, com isso pararam de vender tickets de trem para Paris e outros destinos que o Eurostar faz. Esperamos alguns dias e la pelo dia 26 de dezembro checamos na pagina do Eurostar online e as vendas estavam abertas. Como queriamos ir antes do dia 20 de janeiro, conseguimos tickets pelo menor valor (£69 ida e volta, comprando com antecedencia e' possivel conseguir esse preco bom!).

So' que antes de fechar a passagem, pensamos no roteiro e percebemos que em apenas um dia, nao conseguiriamos fazer tudo que queriamos. Bora buscar um lugar para dormir uma noite e aproveitar dois dias em Paris. Procuramos, reservamos, compramos a passagem e esperamos chegar o dia.

Eu estava num misto de sensacoes: queria muito ir, mas nao queria ir com muitas expectativas, por ja' ter ouvido muitas coisas nao muito positivas sobre Paris.

O que eu sempre ouvi foi:
* eles nao estao nem ai para turistas;
* se puder fale portugues, espanhol ou qualquer lingua menos ingles (os franceses e ingleses sao tretados ha muito tempo);
* tudo e' muito caro, uma lata de refrigerante pode custar 5 euros (???? absurdo)
* la' e' sujo, tem moradores de rua por todo lado (pedindo dinheiro)
* se prepare para o cheiro, tem lugares e pessoas que fedem

Bom, o que dizer sobre tudo isso... em todas ha' verdades, talvez algumas exageradas ou nao. Tentei nao me apegar a isso e ver o lado bom de tudo. Comecando pela viagem, que foi maravilhosa. Viajar de trem e' maravilhoso, muito melhor do que de aviao. Estar no Louvre foi encantador (quero voltar muitas e muitas vezes). E a Torre Eiffel... meu Deus, que grande, que linda, que estupefatosa... e que frio la embaixo, do lado, perto do rio, que vento... mas mesmo assim, que linda!

Adorei e quero voltar novamente, assim que pudermos... mas nao posso deixar de dizer que me assustei com a quantidade de moradores de rua, com a ma' vontade com turistas e com o fedor das pessoas (suvaqueira mesmo, horrivel, cabelos com caspinhas ergh!).

A crise financeira que temos vivido aqui na Europa, parece nao ter fim, esta' durando mais do que o previsto e alguns paises estao sentido mais os impactos que outros; entre eles Portugal, Espanha, Grecia e Franca.

Fomos para Paris em uma segunda e voltamos na terca, a cidade estava tranquila, nao tinha muito turista (muvuca), entao vimos muitos locais/ residentes e varias pessoas procurando emprego nas agencias (olhando as ofertas pelas vitrines) e de repente do nada, vimos varios camelos correndo da policia bem em baixo da Torre Eiffel, quase nos levando, no maior estilo arrastao. Muito triste.

O pior mesmo foi quando entramos em um mercadinho de bairro, para comprar umas coisinhas para trazer na nossa viagem de volta e na saida o seguranca pediu para ver o carrinho do Nicolas, para checar e verificar se nao estavamos "levando" nada sem pagar. Tava garoando, tivemos que tirar tudo do carrinho, ate o Nicolas para ele vistoriar... nunca vivi isso antes e foi uma situacao desconfortavel, que eu espero que ninguem passe por ela.

Mesmo assim, acho que vale muito a pena ir para Paris, conhecer aproveitar, ver e viver tudo de lindo que a cidade tem a oferecer... segue algumas fotos e assim que der continuo falando de Pariiii




Assim que termino a semana com apenas 2 posts... aos poucos o computador vai nos ajudando e volto a escrever mais.

* So' para deixar claro: essa e' minha opiniao pessoal. Adorei Paris e quero voltar, mas continuo acreditando que ajustar as expectativas e' a melhor forma de sofrer menos e aproveitar mais.

4 comentários:

  1. olha só, pq passamos 10 dias em paris e fomos super bem tratados, ninguem estava fedido kkk e achei a cidade magica, minha experiencia é bem outra kkk
    bj

    ResponderExcluir
  2. Oi Gra!

    Eu, como a Dani acima, também tive outra experiencia... Eu passei 4-5 dias lá na primavera e felizmente não encontrei ninguém fedido! hahaha Adorei a vida relaxada, as performances e artes nas ruas, comprar baguete na padaria, comer crepe, pegar metrô e explorar os museus, parques e atrativos da cidade. A gente gosta tanto de Paris, que até pensamos em passar uns 6 meses lá daqui uns anos!

    Sobre as expectativas, isso vale pra qualquer coisa na vida, né? O melhor é ter a cabeça aberta sempre e aproveitar!

    Beijos!!!

    Lu

    ResponderExcluir
  3. Bem, sobre o lado ruim já contei lá no blog e deu a maior polêmica, mas nem eu nem marido (que passou 50 dias) tivemos essas experiências chatas, não, que azar vocês deram! Bjk.

    ResponderExcluir
  4. Oi Grazi, tudo bem?
    Fui a Paris com minha espoa em agosto de 2010. Viajamos para um congresso em Berlim e aproveitamos para parar por três dias em Paris. A cidade é linda, mas tudo o que você relatou aqui nós também encontramos lá: pessoas e mais pessoas pelas ruas pedindo dinheiro. A parte da Torre Eifel, então... É familiar pra quem mora no Brasil! rs
    De qualquer forma, gostamos da viagem também e queremos um dia retornar. Talvez pra aproveitarmos mais, quem sabe?
    Abraço,
    Antônio

    ResponderExcluir
Related Posts with Thumbnails