terça-feira, 17 de junho de 2014

Semeando inspiracoes

Tenho vivido questoes muito concretas de conflito com relacao a educacao.
A educacao de um modo geral, a educacao que meu filho tem vivenciado e a educacao na qual eu estou inserida ate' o pescoco (que esta' longe mas muito longe de ser a ideal porem e' a que no momento me auxilia a pagar as contas no final do mes -triste mas real-).

E ai no meio do caminho desse processo de conflito-reflexao-transformacao-e o que eu vou fazer agora? vou conhecendo e suspirando com algumas experiencia lindas que encontro por ai. Foi assim que ouvi falar do filme/ documentario "Sementes do nosso quintal". Queria muito assista-lo e foi o que eu fiz domingo passado. Mesmo estando super cansada pois havia trabalhado o sabado inteiro, nao deixei a preguica me dominar, acordei cedo e fui assistir a este filme lindo. Para  ficar ainda melhor depois da exibicao teve um bate-papo com a diretora Fernanda que foi ex-aluna da "escola", foi ou e' ainda mae de aluna e apaixonada pela Terezita.

Quanto aprendizado, quanta inspiracao. O mais dificil foi voltar a realidade e ir trabalhar na segunda-feira pensando nos objetivos que minhas criancas precisam alcancar ao final do ano, no controle absurdo que ocorre dentro do ambiente escolar, no quanto subestimamos a capacidade das criancas (voces nao imaginam o quanto de saliva precisei gastar para poder usar tesouras com meus alunos e os absurdos que ouvi) entre outras coisas pensei muito no quanto privamos as criancas do contato com a natureza e o pior de tudo o quanto nao valorizamos os interesses delas, os momentos de brincar e criar. Fiquei em crise, vontade enorme de largar tudo e sair correndo mas nao posso. 

Entao guardei em um cantinho todas essas questoes e estou tentando ainda buscar algum caminho do meio, se e' que e' possivel.

O filme "Sementes do Nosso Quintal" mostra a experiencia de uma "escola" em Sao Paulo que existe ha' 40 anos porem nao e' reconhecida como escola e que tem feito diferenca na vida de muita gente. Uma realidade paralela a tudo que estamos acostumados a ver e entender como educacao.

Construcao do conhecimento no mais puro sentido da palavra que inclui investigar, construir, elaborar, executar, errar, acertar e o melhor ter prazer nisso tudo.   

A conversa com a diretora Fernanda foi possivel gracas a movimentacao de algumas pessoas entre ela a querida Grace do Maezissima. Grace muito obrigada pela manha de domingo tao inspiradora. 



* Se voce tiver oportunidade nao perca a chance de ver esse filme que nos faz tao bem apesar de tocar em muitas das nossas feridas.


Um comentário:

  1. Grazi há um tempo atrás eu soube desse projeto e assisti ao trailer. Encantador. Inspirador. Bom saber que o filme já está rodando. Vou tentar ver.

    É mesmo desesperador, desanimador toda essa questão da educação. Acho, pela experiência que estou tendo com meus filhos, que ainda na educação infantil é possível fazer diferente. Depois... tudo é vestibular e ponto.

    ResponderExcluir
Related Posts with Thumbnails