sexta-feira, 11 de julho de 2014

Nosso "Bosque"

O Parque Gomm e' como se fosse o quintal da nossa casa.
Normalmente vamos a pe', sao mais de 3 km e levamos uns 50 minutos para chegar. Ao chegar e' um balsamo poder sentar na grama, aguar as plantas, olhar os livros, apreciar as flores, os grafites na parede. Nos sentimos muito bem la'.

Participamos do movimento Salvemos o Bosque da Casa Gomm quase desde o inicio mas desde quando chegamos em Curitiba. 


E meu filho, um menino timido, se sente tao a vontade por la' que sabado apos a apresentacao do Joao 
Triska, o artista perguntou se alguem queria dizer algo, apos um adulto e uma crianca falarem ao microfone ele de livre espontanea vontade foi e falou. Sem vergonha, sem ter sido ensaiado, sem eu dizer nada.

Eu estava mais para o fundo com tudo pronto para irmos embora e jamais imaginei que ele iria la' falar e de forma tao natural, linda e simples. Com tanto amor e gratidao.

Obrigada a quem filmou e obrigada por divulgarem.

Se alguem ainda tem duvida que o Parque e' nosso, eu nao tenho nenhuma. Ver ele se formando e criando sua propria identidade e' lindo demais. E estou falando dos dois do meu filho e do parque.

Para ver o video clique aqui.

Volto com calma para contar mais sobre esse lugar que tanto nos encanta.

2 comentários:

  1. Cara bosquímana Graziela & Família! É para este movimento cívico uma honra tê-la como apoiadora de primeira hora e protagonista de tanta participação neste novo espaço de cidadania e lazer de nossa cidade. E, claro, pelas belas palavras deste seu post, repletas de significado para esta luta. Que bacana saber que vocês vêm a pé por 50 minutos quando vão lá. Volte mesmo para detalhar suas experiências lá. Um abraço, Salvemos o Bosque Gomm

    ResponderExcluir
  2. Que lindinho!! <3
    Gra, não podemos subestimar os tímidos! :D Eles que em silêncio revolucionam o mundo!! Dê os meus parabéns para o seu filho!
    Beijus,

    ResponderExcluir
Related Posts with Thumbnails