domingo, 6 de julho de 2014

Meus pre-conceitos

O ano era 1995. Eu estava saindo da adolescencia e entrando na vida adulta apesar de que a responsabilidade da vida adulta ja' pesava ha' tempos.

Vivi, ainda na adolescencia, algumas crises tipicas da idade entre elas a que mais me tocou fundo foi com relacao a religiao.

Passei por fases nessa crise: negacao, busca de novos conhecimentos, experimentacao, aceitacao, negacao, volta para onde eu sempre pertenci. Nao foi facil, foi dolorido, sofrido e por fim, sozinha voltei para a igreja catolica onde estou ate' hoje. Respeito todas as religioes mas me reencontrei na igreja catolica em um dia de angustia e muitas lagrimas.

Os anos que se seguiram vivi tudo muito ativamente dentro da igreja e com isso conheci pessoas muito queridas, do bem mesmo.

Mas algo aconteceu no final de 1996. Estavamos em uma festa de final de ano, em uma casa em Londrina com amigos de uma familia grande. Um padre amigo da familia foi dar uma bencao. Foi bonito. Apos a oracao algumas cancoes, quase meia noite, todos de maos dadas, contagem regressiva e pronto era ano novo. Hora de comemorar, comer, beber, se abracar. E naquela hora meus olhos nao acreditaram no que viram. O senhor padre sentou e comeu e bebeu muito mas muito mesmo; depois levantou acendeu um cigarro e continuou com o copo na mao.

Aquilo me deixou em choque. Jamais imaginei ver um padre naquela situacao. Eu sei e sempre soube que eles sao humanos mas na minha cabeca eles tinham uma vida mais regrada. Mais voltada a se dedicar a Deus, aos irmaos e a caridade sem exageros. E o que eu tinha visto foi o exagero escancarado ali na minha cara. Exatamente o oposto de todas as ideias que eu tinha pre-concebida.

No meu retorno a igreja conheci um padre muito especial, querido mesmo, muito estudioso e dedicado. Conversamos muito em varios momentos, comemos, bebemos e rimos muito juntos tambem; e em um desses momentos de "descontracao" comentei com ele sobre essa situacao la' de 96. Ele com muita atencao e carinho me explicou o que ate' entao eu nao sabia, falou sobre os votos, que nem todos os padres fazem votos de pobreza; falou das varias comunidade que existem dentro da igreja e principalmente me lembrou que os padres sao humanos e que erram.

Depois dessa longa conversa lembro de ter acalmado meu coracao e reflito sobre o assunto que ficou quieto la' em algum lugar da memoria. Depois disso vi padres encantados com viagens internacionais, passeios de bugues e roupas de marcas; novamente lembrava que eles tambem sao humanos acima de tudo e quem sou eu para julgar. Aquela conversa me marcou mesmo.

So' que a semana passada tive um daqueles arrepios na espinha. A vida corrida tem me ajudado a nao ficar muito tempo no facebook, tuiter e ate' tem me afastado do blog, como ja' comentei aqui. Mas entrei rapidinho de manha no facebook e a primeira coisa que apareceu na minha TL (Linha do Tempo) foi a publicacao de um padre amigo com um video do Hulk escrito: Arrocha Hulk, arrocha.

Em tempos de Copa do Mundo, um monte de jogadores bonitos (cuidado imagens improprias para menores de 18anos)  shortinhos brancos colados e a bunda do Hulk que nao sai da boca das pessoas. Esse video foi a cereja do bolo so' nao esperava ve-los sendo publicado por um padre. Eu sei, eu sei, eles sao humanos tambem e tem desejos.

Porem so' quero fazer um pedido: se voce e' adulto e esta' percebendo que seus desejos estao trapolando os limites, por favor, va' procurar ajuda. Estou falando de desejos sexuais sim e se voce adulto esta' tendo desejos por criancas e/ou adolescentes passou da hora de procurar ajuda.

Porque se um homem sente desejo por outro homem, nao ha' nada demais nisso. Agora um padre que tem a confianca da comunidade, tem contato com criancas e jovens comeca expor seus desejos assim tao explicitamente; confesso que eu fico muito preocupada.

Minha fe' na humanidade vai se esvaziando.

* Nao estou dizendo que todos os padres sao pedofilos mas essa e' uma questao que muito me preocupa.
* Nao sejamos cegos e' preciso muito cuidado porque tambem existem muitas mulheres pedofilas mas quase nao se fala no assunto.
** Continuarei com minha fe' em Deus, no que eu acredito, tenho consciencia que a instituicao igreja nao e' perfeita mas sei tambem que ela e' seria em varios aspectos e tem feito muitos trabalhos bons. Nao sou tapada a ponto de achar que tudo sao flores e pronto.
*** Este post foi so' um desabafo. Comentarios maldosos ou so' com xingamentos serao automaticamente apagados por mim.

Respeitemos as criancas e os adolescentes. 

2 comentários:

  1. Afinidade com teu post porque ele poderia ser meu.
    Beijo!

    ResponderExcluir
  2. Difícil também pra mim fazer este exercício de pensar nos líderes religiosos e questionar a postura deles. Tudo tem um limite sim, como tu falaste, afinal a gente também erra, também é humano.
    Concordo contigo sobre estar se esvaziando da fé na humanidade..de forma geral é surpreendente o que as pessoas hoje tem tido a capacidade de dizer e fazer.
    É nessa hora que precisamos recobrar a fé, mas em Deus.
    Beijo grande,
    Pri

    ResponderExcluir
Related Posts with Thumbnails