quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

Sobre o brincar

Quando as criancas brincam
E eu as oico brincar,
Qualquer coisa em minha alma
Comeca a se alegrar


E toda aquela infancia
Que nao tive me vem,
Em uma onda de alegria
Que nao foi de ninguem.


Se quem eu fui e' enigma,
E quem serei, visao,
Quem sou ao menos sinta
Isto no coracao.


Fernando Pessoa
(Poemas completos de Alberto Coeira, 1a. Edicao, Ed. Hebra, 2006).


Esse poema esta no livro "Crianca brincando! Quem a educa" de Luiza Helena Tannuri Leao, Editora Joao de Barro, 2007. 
Um livro delicioso de ler, simples mas com reflexoes profundas. Indicado para todos, mas adoraria que todos que trabalham com a Educacao Infantil lesse, se aprofundasse e tentasse mudar de postura com relacao a essa fase da infancia que e' tao importante e nao precisa de apostilas, apostilas e mais apostilas e sim de brincar, brincar e brincar.

2 comentários:

  1. Lindo, Gra. Vou procurar o livro, obrigad apela dica.
    Engraçado que quando a gente cresce parece que desaprende a brincar, né? Estou precisando fazer uma imersão nessa atividade que hj é tão complicada pra mim.
    Melhoras pra vcs aí. Época de frio é um saco, né? Cuidem-se!
    Beijo
    Re

    ResponderExcluir
  2. Oi Gra! Belo poema!
    Leio o poema e penso em você, na sua alma pura, no seu ser sensível...
    Você tem a simplicidade que só os muito, muito inteligentes tem!
    Saudades de você!

    ResponderExcluir
Related Posts with Thumbnails