sexta-feira, 8 de junho de 2012

Convidada especial!

Expectativa e' algo que temos que ajustar sempre. Mas como ja' comentei que tenho meu mantra para mentalizar diariamente, so'posso dizer uma coisa: como estou feliz!

Uma blogueira querida, criativa, muito do bem, que e' mae, professora, "inventora" e nao deixa a peteca cair nunca, aceitou meu convite e escreveu um texto maravilhoso para o blog.

Gi, muito obrigada de coracao. Adorei e nao esperava nada menos que esse texto lindo, apaixonante e com uma excelente reflexao para nos, pessoas preocupadas com as nossas criancas e com o proximo.

Com a palavra, Gi...

***

Literatura é fundamental para a saúde!


A Gra foi a primeira pessoa a me pedir para escrever em seu blog. E isso foi há mais de 2 anos!! Aceitei (e desde então venho recusando escrever em outros, até efetivar minha participação aqui primeiro!) na hora... mas não tinha ideia sobre o que escrever!

Well, na verdade eu sabia. Sempre quero escrever sobre literatura infantil, sobre a importância que ela tem na vidas das crianças... Mas não sabia o que escrever, nem como.

Foi só esse ano (2012) ao me deparar com um texto da ANA MARIA MACHADO, no livro BALAIO -LIVROS E LEITURAS (Editora NOVA FRONTEIRA, ISBN: 9788520919699) que tive a certeza do que escreveria.

Eu amo literatura infantil e desda época que era professora de artes, uso o livro infantil para trabalhar os conteúdos da minha disciplina e a estimulação em crianças especiais e pequenas. E agora que sou mãe, qualquer livro de literatura infantil é motivo de brincadeira aqui em casa. É claro que muitas vezes brincamos por brincar, mas acho muito mais rico ler e fazer a história (ou parte dela) sair do livro.

A gente nunca sabe se está fazendo as escolhas certas na educação de nossos filhos. Na verdade só quando eles tornarem-se adultos é que vamos perceber o quanto erramos ou acertamos! Eu decidi encher a vida dos meus filhos de literatura. Comecei lendo para eles no dia que descobri que estava grávida e não parei mais! A vida deles está repleta de histórias, de livros e de imaginação! Eu acredito que quanto mais imaginação a criança usar quando pequena, maior será a probabilidade dela, no futuro, achar soluções criativas para seus problemas. A criança que usa a imaginação consegue olhar a vida com outros olhos, de uma maneira mais positiva, porque ela sabe que tudo pode ser transformado, rearranjado, modificado!

E quando comecei a ler o texto "PALAVRAS E SAÚDE" que foi uma palestra que a Ana Maria Machado deu no I Encontro de Saúde e Literatura na UFRJ, em 2004, pensei: -" Esse é o foco que quero dar ao meu texto pra Gra!"

No texto ela fala que Freud diz que a imaginação da criança começa no brincar. E que o brincar é uma grande fonte de prazer para a criança. Ela brinca de imitar os adultos porque o desejo maior dela é crescer e ser grande. A medida que ela vai crescendo vai deixando de lado a vontade de brincar, mas para a mente humana é muito difícil DESISTIR de uma fonte de prazer. "Freud diz que ninguém o consegue, apenas fazemos uma troca." (página 39)

O brincar da criança transforma-se, quando adulto, no sonhar, nos devaneios e fantasias. E através da literatura que o adulto libera esse brincar e recupera esse prazer perdido.

Dentro do livro o adulto entra na história, participa como personagem, narrador ou/e ouvinte. Quando ele pega um livro nas mãos e abre-o é como se abrisse um portal para uma nova brincadeira! Um portal mágico onde tudo é permitido. Se ele gostar da história, mergulha de corpo e alma, ri, chora, prende a respiração, o coração acelera e ele não consegue largá-lo até chegar ao fim. Se para antes, fica contando as horas até reencontrar a história. Caso ele não goste, ele fecha o livro e parte para outra brincadeira, outro livro. É um prazer ao alcance das mãos, olhos e mente!

A literatura, nos diz a Ana, tem o "...papel fundamental para garantir a saúde emocional de cada um... Sem a literatura, caminhamos para uma sociedade doente." (página 41)
UAU! Era justamente isso que eu pensava, mas não sabia colocar em palavras!

Quantos adultos infelizes, que sentem que falta algo em suas vidas? Falta a leitura de bons livros! Falta o brincar com as palavras, com os livros!!!

E como fazer de um adulto saudável, então?

Olha que responsabilidade têm as mães, pais, avós, tios, dindos e professoras: apresentar o livro à criança desde pequena! Fazer do hábito da leitura um prazer! Apresentar o livro como mais um brinquedo especial, divertido, mágico e fundamental! Tudo isso para que a criança no futuro seja ainda mais saudável.

Para que ela perceba que cresceu e não perdeu o direito de brincar: tendo um livro nas mãos ela sempre poderá brincar a hora que quiser!

Era isso! Espero que tenham gostado!!! Bjão e muito origada pelo convite! Amei!


Gi, muito obrigada! Concordo com suas palavras e da Ana Maria Machado. Obrigada por sua doacao de tempo, de carinho e por ter aceito o convite. Como te disse, adorei o texto e tenho a esperanca que ele sera' uma semente no coracao dos que o saborearem e um afeto apaixonado no coracao dos "loucos" por literatura.


Conheca o blog da Gi, tenho certeza que voce vai sair de la com muitas ideias e entendendo um pouco mais porque sou sua fa.


3 comentários:

  1. Primeiro eu quis passar lá no blog da Gi para conhecer e qual não foi não foi a minha surpresa ao ver que já era e continuo sendo fã daquele cantinho! Ideias gostosas e criativas.
    Sobre o texto adorei. A leitura é um hábito transformador. E na infância há terra fértil, esperando apenas ser semeada por nós adultos.
    Beijos a vocês. Parabéns!

    ResponderExcluir
  2. Muito bacana o texto da Gi! Nesse trecho: "O brincar da criança transforma-se, quando adulto, no sonhar, nos devaneios e fantasias. E através da literatura que o adulto libera esse brincar e recupera esse prazer perdido." lembrei de um vídeo muito legal. Vale a pena assistir!
    Boa semana!! Beijus,

    ResponderExcluir
  3. Adorei....eu achei o texto perfeito e impecável...lindas palavras Gi.....

    ResponderExcluir
Related Posts with Thumbnails