domingo, 23 de maio de 2010

Escola da Vida

Tudo mudou. Mudou a estacao, mudou o clima, a roupa de cama, minha pele, meu cabelo.
Antes de sair de Sao Caetano, minha vida era estudar, trabalhar e estudar, e estudar mais e mais. Hoje acho que nao estudei o suficiente, nao li o suficiente e poderia ter aprendido mais; ja foi agora nao da, nao tenho tempo e as prioridades sao outras.

Como trabalhava e estudava muito, minha avo so me permitia fazer isso, nao me ensinou a cozinhar nem a costurar, eu ajudava a limpar a casa aos sabados e a passar roupa (como eu passei roupa, era camisetas e mais camisetas, calcas jeans, calcinhas, cuecas e por ai vai), mas o fogao nao, ele era dela. Quando entrei na faculdade e comecaram as aulas aos sabados, os estagios, os infinitos e interminaveis trabalhos e mais o meu trabalho - que vira e mexe tinha festas aos sabados (que eu tinha que ir trabalhar), tinha reunioes e cursos aos sabados - e ai eu quase pirava para tentar organizar tudo, era cansativo; e minha avo mais uma vez me tirava o peso da obrigacao domestica daquela semana, ja que eu estava cansada demais.

Bom tudo que eu vivi foi otimo, nao consigo imaginar minha vida sem todas as memorias que tenho, porem as vezes tenho a impressao de que me faltou algo; a sensacao de que eu tenho e' que muitas vezes, mas muitas mesmo nao estou preparada para tudo que tenho que fazer. 

Quando cheguei em na Espanha, minha prima, com quem fui morar, deixou claro, novamente, que a cozinha era dela, eu poderia ajudar na limpeza da casa e ate lavar a louca, mas o fogao era dela; e minha vontade de me aventurar nas panelas ficou mais uma vez para depois.

Em Londres  a coisa mudou, a ficha caiu e ai eu tive que aprender na marra, pois ou eu aprendia ou nao comeria. Claro que errei muito no comeco, algumas coisas fazia com o pouco que havia visto no Brasil, mas aqui nao funcionava, como por exemplo: lavar arroz; sempre vi minha avo lavando arroz, aqui todas as vezes que eu lavei arroz ele nao ficou bom, um dia tentei fazer sem lavar e ficou otimo.

Continuo tentando, erro menos, e agora tem um adicional na minha vida, chamado Nicolas. Preciso melhorar a cada dia, por mim e por ele.
So que preciso dizer que tem dias, que estou tao, mas tao cansada, que nao tenho vontade de fazer nada. Hoje foi um dia desses, minha cabeca parece que ia explodir e a unica coisa que eu queria era ficar deita, quieta no meu canto, com a cortina fechada e sem barulho. Impossivel.


Muitas pessoas me perguntam como e' a vida aqui, muitas acham que a vida e' facil, com varias mordomias e muitas coisas boas. Muitas coisas boas tem mesmo, como opcoes de museus, parques para as criancas, eventos musicais, diversidade de restaurantes (tem restaurantes do mundo todo aqui, coisa que em Sao Paulo tambem tem), o transporte publico funciona bem entre tantas outras coisas.

Porem o que pouca gente percebe ou sabe e' que nao da para ter a mesma vida que se tinha antes, mesmo depois que nascem os filhos.


Aqui o custo de vida e' alto, aluguel e' caro e temos quase 6 meses de frio. Nao tenho ninguem que me de uma mao para nada, sou somente eu e o Paulo para tudo, nao temos carro e essa e' a vida.


Eu sempre digo, que Londres e' uma escola da vida, de vida e para toda vida. Nao tem como passar um tempo aqui e voltar igual.


Para quem nunca cozinhou, hoje sou eu quem passo, lavo (ops, a maquina lava, eu so tenho o trabalho de separar as cores e colocar na maquina, depois estender e recolher, mas uma ou outra peca de roupa do Nicolas, se precisar eu lavo na pia do banheiro), cozinho, arrumo a casa, brinco com meu filho, vou ao supermercado (e volto com a sacola de pano e a mochila nas costas pesada, dando a mao a um menino lindo, que se comporta maravilhosamente bem e me ajuda muito, pois acho que ele ja percebeu o trabalho que da ir ao supermercado) e tantas outras coisinhas do dia a dia.


Antes eu e' que ajudava, hoje se pudesse eu adoraria poder ter uma ajuda, nem que fosse so para fazer aquelas tarefas mais pesadas (ou chatas, por assim dizer), como limpar vidro, forno e geladeira.


Sem dizer nas preocupacoes de dieta saudavel, ter sempre frutas e verduras frescas em casa, evitar refrigerantes e chocolates para que o pequeno nao tenha estimulo demais e nao queira  comer, nao chutar o pau da barraca, soltando algumas palavras feias as vezes e ainda ter muita imaginacao.


Tem gente que ainda acha que eu tenho vida de madame, que nao faco nada pois nao trabalho fora e ainda tenho que estar sempre sorrindo....


Hoje nao aguentei o tranco e perguntei pro marido o que ele achava de jantarmos pizza, concordou, me deu uma folga a noite e agora posso estar aqui. Contar com um grande companheiro e amigo nessas horas nao tem preco, literalmente, alias sem ele, nao sei o que seria de mim. Porque por aqui, nao tem o almoco na casa da mae ou da avo no domingo, ou a pizza no sabado a noite na casa do amigo, somos nos, nos e Deus.


E esse post vai para a sessao desafabo, to cansada, falei. Se voce pensa sua vida esta ruim, lembre-se tem gente em situacao muito pior; pode ate ser um pensamento pessimista demais da minha conta, mas e' que com o calor de 27 graus hoje, acho que o sol amoleceu um pouco minha moleira e pesou nos meus ombros e eu to cansada demais....


Boa semana para todos.

4 comentários:

  1. GRA:

    NÃO FICA ASSIM NÃO!
    É ASSIM MESMO TEM DIAS QUE A GENTE LEVANTA MEIO ESTRANHA E MELANCOLICA.
    MAS TUDO ISSO PASSA.
    ACOMPANHO SEMPRE SEU BLOG.
    ADOROOOOO
    BEIJINNHUS
    ADRIANA BUENO

    ResponderExcluir
  2. Oi Dri obrigada por passar por aqui e comentar. Nem imagina que voce poderia passar por aqui...
    Obrigada pelo carinho tambem, e tem dias que nos ficamos assim mesmo, nao tem jeito, ainda bem que ja passou.
    Abracos para voce, pro seu esposo e pro Bruno.
    Gra

    ResponderExcluir
  3. Olha, vc não me conheçe, vi seu blog no blog da Lu Ivanik e achei interessante... Moro em POrtugal pq vim fazer mestrado e tenho um marido e uma filha pequena e sei como é a vida longe... sou de sp capita le tenho milhares de parentes em são caetano, mas morava em Curitiba antes de vir pra cá.
    Sabe que por coincidencia vamos a londres passear agora em jun?
    Mas te desejo um otima semana e se quiser trocar figurinhas meu e.mail é daniberbel@hotmail.com
    bjim

    ResponderExcluir
  4. Nossa menina como estou adorando ler seu blog. Juro que senti na sua pele! Mesmo ainda não estando aí, mesmo morrendo de medo de tudo que me aguarda, e de lembrar de como eu tenho ajudas por aqui.... E que aí também só será eu e meu marido com o nosso "menino lindo"... :) Adorei sua visão super realista. Dá muito medo em mim mas também muito mais coragem ainda porque sabemos que não estamos sozinhas né, apesar de estarmos.... Parabéns por cumprir sua divina missão de ser mãe exatamente fazendo o melhor que você pode! Bjs

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar, sua opiniao e' muito importante.
Leio todos os comentarios e sempre que possivel respondo aqui mesmo ou no blog correspondente de quem comentou. Muito obrigada pela visita e volte sempre.
Gra

Related Posts with Thumbnails